Mostrar Mensagens

Esta secção permite-lhe ver todas as mensagens colocadas por este membro. De realçar que apenas pode ver as mensagens colocadas em zonas em que você tem acesso.


Tópicos - Feliciano VASA

Páginas: [1]
1
Geral - Desporto / Premio Joaquim Agostinho Corte de via
« em: Julho 13, 2012, 14:06:05 »
Sou um confesso adepto de ciclismo!

Mas devo dizer que não sou adepto de mentecaptos!

Quem foi a cabeça iluminada que pensou um contra relogio practicamente dentro da cidade, fechando o acesso a estabelecimentos de ensino, a horas de maior fluxo com artérias vitais à cidade cortadas?

Mais grave, onde estava a previa sinalização que deveria avisar desses mesmos cortes, dias antes, para os cidadãos poderem organizar as suas vidas?

Caros senhores, a vossa sorte é este "país de carneiros", porque na civilização, isto não acontece e todos conseguem viver com o mínimo de prejuízo.

Acreditem ou não bem podem tentar imitar a civilização com ciclovias, porque o real upgrade deveria ser na vossa consciência!

Quanto às forças de segurança, lamentável a sua postura em algumas situações em que deu a impressão de querem mostrar músculo a servirem realmente a sua missão que deveria ser proporcionar  informações alternativas em local adequado fazendo fluir o transito para outras vias...

No entanto os responsáveis deveriam-se retratar!   

2
Olá aos leitores deste fórum,

Depois de algum tempo ausente, pertencendo ao grupo dos mais participativos deste fórum, resolvi voltar a escrever com maior frequência. Tenho pena que poucos, chamados de políticos, não tenham a mesma postura e raramente apresentem as suas ideias neste espaço. Vêm cá, mas não participam. É pena.
Sem estar a aferir quais as razões, pois pertencem a cada um deles, e ao seu sentido de cidadania participativa, gostava de sugerir alguns pontos de futuro.

Recentemente opinei no jornal regional Badaladas sobre a preocupação de soluções que têm sido apresentadas pelos eleitos dos demais sectores políticos nos últimos anos. Que futuro o futuro nos reserva?
Nem tudo é mau, pese embora, saiba de sugestões que têm sido recusadas fruto talvez da pouca cultura democrática, em que a cor partidária ainda tem um peso gerador de imediata reprovação, frequente, nos meios políticos, que deveriam ser esferas do exercício pleno da cidadania.

As sugestões que faço por agora prendem-se com as potencialidades que a Serra do Socorro possui, e que a meu ver têm sido modestamente desenvolvidas.

Sugiro por isso, o alcatroamento de toda a extensão desde a Cadriceira até ao alto, actualmente em macadam. O estado deste piso está muito defeituoso e deteriora-se cada vez mais. Como nem toda a gente possui um jipe... É verdade que existe um acesso de empedrado para veículos ligeiros desde São Sebastião, mas este encontra-se nos domínios de outro município e não servem um conjunto de sugestões e potencialidades que irei referir.
 
Penso que um tapete alcatroado possui inúmeras vantagens para os visitantes deste miradouro natural com atractivos históricos e religiosos que valeria a pena apoiar com maior afinco e dotar o seu alto com infraestruturas que permitissem maior conforto. Assim penso que uma candidatura bem efectuada poderia ocasionar:

Alcatroamento e demarcação da zona de estacionamento no seu alto;
Fecho de vias e caminhos "pedonais" que têm sido exploradas pelos TT's levando à sua deterioração, com sistema de abertura e fecho para o caso posterior de acesso a bombeiros e autoridades (prevenção/combate a fogos), transformando-as em ecovias;
Abertura e manutenção de mais vias pedonais que permitam a exploração da serra nas várias vertentes (trilhos);
Placards ao longo dessas vias informando da sua flora e fauna;
Criação de infraestrutura de restauração no alto (caso seja viável);
Alcatroamento das vias principais eliminando troços de acentuado declive;

Factores de aproveitamento e potenciação:

Deslocalização do museu sobre as Linhas de Torres para a Serra do Socorro. Caso seja inviável, penso fazer sentido existir lá um centro interpretativo sobre as linhas de Torres e sobre a geologia desta serra. Funcionaria como alavanca.

A estrada alcatroada poderia acolher uma chegada de uma etapa do troféu Joaquim Agostinho. Potenciaria o local...

Funcionaria como uma alavanca para o complexo turístico mais próximo.

Criação de zona demarcada e protegida na Serra para re-florestação de espécies autóctones mediterrâneas.

Potenciação de romaria de carácter religioso com devidas infraestruturas de apoio.


Deixo outras sugestões aos participantes deste fórum.
Também espero que haja dignidade de alguns políticos no aproveitamento desta ideia...assim espero..ficaria satisfeito se isso fosse pelo menos equacionado. Caso já tenha sido, para quando a sua efectivação?...vamos lá pensar no futuro...vamos lá potenciar aquilo que temos de melhor para oferecer!

 

3
Geral - Assembleia Municipal / As datas das Assembleias Municipais
« em: Novembro 04, 2009, 10:15:11 »
Segundo o Jornal o Badaladas:

"As reuniões do executivo continuam a ter realizações quinzenais, na primeira e última terça-feira de cada  mês, sendo que a segunda é pública."

Agora não podemos dizer que não sabíamos...

4
Autárquicas 2009 / Os sites dos Candidatos à CMTV 09
« em: Setembro 14, 2009, 10:48:42 »
Dei uma viste de olhos pelo mundo digital à procura dos sites dos candidatos no sentido de obter informações e ficar esclarecido na expectativa de encontrar propostas sobre os programas de cada um.

Em representação do PS temos o intuitivo "CarlosMiguel" colocado no google que aparece em primeiro na pesquisa. Acho que a linguagem e programação utilizada na concepção do site (não a que vemos, mas a que faz aparecer o site em primeiro) está bem concebida.

http://www.carlosmiguel.net/

Procurei pelos termos Paulo Bento no google e nada. Procurei sob outras palavras e tive muita dificuldade até que (não me lembrando do que está nos placards, têm lá o endereç, acabei por ter sorte). Apareceu, após frustradas tentativas.  Alguns pontos abaixo este aspecto. Já aqui disse que as pessoas votam nas cabeças de cartazes, baseado naquilo que já li e na opinião de especialistas nesta área, o que implicitamente, as leva a pesquisarem pelo nome. Raramente pelo mote, que ainda não teve tempo de ser explorado, ou não o tem sido, condignamente.  Uma falha de programação que não coloca as pesquisas mais prováveis no top ten dos motores de pesquisa. Se assim fosse o mote teria de ter um maior realce, em termos de imagem e de comunicação nos OCS, até mesmo nas comunicações de todos os candidatos. Não tenho visto isso.
Talvez porque seja uma coligação, essa estratégia ( a do nome do candidato) não esteja a ser seguida no site. No entanto não deixo de discordar com essa linha de actuação, meramente técnica.

http://www.primeiroaspessoas.net/

Procurei também por outras forças, CDU, e sei que existe um blog do Matoso. Pouco mais encontrei até agora. Se estou errado desculpem-me, e informem-me que terei muito gosto em colocar aqui.

http://cultura-torresvedras-2009.blogspot.com/  


Em cada um deles apresenta-se nos seus sites com as figuras de "cartaz", um habito. Apenas o PS apresenta o seu manifesto com o título "Compromisso". São 37 páginas divididas em duas partes. A primeira fala do que já cumpriram, a segunda do que se propõem a cumprir. Vale a pena ler. http://www.carlosmiguel.net/compromisso.pdf
É um documento extenso, bem concebido, com uma boa articulação de ideias mas que peca na minha opinião por ser distante, demasiado "florado" e com o habitual discurso PS.

Procurei e revirei o site da Coligação PSD/CDS -Primeiro as pessoas- na tentativa de encontrar um documento sobre as propostas. Também aqui é preciso haver mais capacidade de discernimento para conseguir perceber que estão em vídeo com o candidato a apresentá-las olhos nos olhos (uma inovação que aplaudo). Existem alguns erros na forma como foi filmada a intervenção. Abriu-se o plano quando o candidato fala em ir às freguesias, quando devia ser feito o oposto. Começar com plano aberto e durante o seu discurso fechá-lo e concentrá-lo sobre a face do candidato. (para não virem aqui os críticos baratos dizer que eu dou postas de pescada, tive muito tempo para privar com especialistas em média e marketing nesta área). Contudo existem frases e ideias chave que merecem a visualização do vídeo:

-Qualquer dona de casa gere melhor o orçamento da CMTV-Demolidor
-Gastar em vez de investir -brilhante e realista.
-Não temos de andar a fazer figuras de ricos com as rotundas- Mais uma verdade

No geral, esta é a minha opinião, dos vídeos transparece uma compreensão mais profunda dos reais problemas, e um discurso directo e incisivo. Noto alguma preocupação e ansiedade, por parte do candidato, sobre o que está a ser feito em Torres Vedras. Podia haver mais propostas, mas vou esperar.

Convido a comentarem também os sites.



 

5
Ideias e Projectos Exequiveis. / Estacionamento Solar
« em: Agosto 31, 2009, 10:20:55 »
Os parques de estacionamento superficiais são espaços que albergam os nossos automóveis.  Com os incentivos à utilização de carros eléctricos lanço um desafio à CMTV. Usar o estacionamento para albergar carros e painéis solares.

Parece difícil?

Uma imagem vale mil palavras por isso:



http://www.youtube.com/watch?v=LkyTnxt2AaM&feature=player_embedded



6
Geral - Cultura / Lançamento de livro sobre Joaquim Agostinho
« em: Maio 09, 2009, 20:10:49 »
No blog Veloluso encontra-se esta mensagem:

MEMÓRIAS DE UM CAMPEÃO

Avisa-me o grande amigo Fernando Gregório que hoje, pelas 18 horas, no Auditório da Câmara Municipal de Torres Vedras, será lançado o livro 'Memórias de um Campeão', da autoria desse grande Jornalista intrissecamente ligado ao Ciclismo que é o Fernando Correia e que recorda a história de Joaquim Agostinho.

Infelizmente não tenho possibilidade de estar presente. Gostaria muito.

Fernando Gregório, compra-me um exemplar que, naturalmente, depois de te dizer para onde o podes enviar te pagarei. Um abraço.


7
Blogues / Novo Blog sobre Ciclismo
« em: Abril 28, 2009, 22:16:25 »
Está no ar o mais recente blog de ciclismo relativo à região Oeste.
Pretende ser um espaço de discussão em que cada um pode comentar, enviar sugestões e opiniões sobre a temática do ciclismo enquanto ferramenta de promoção da cidadania e democracia, onde se insere de um modo geral todo o desporto.

Chama-se VOLTAS ao OESTE e divulgará sempre que possível todos os eventos que digam respeito a ciclismo desde simples encontros, passeios, e outros eventos, desde que façam chegar as noticias ao blog. Serão publicadas.

Fica então o link:

Voltas ao Oeste

Abraços Ciclómanos!

8
Geral - Desporto / Região Oeste pode acolher nova equipa!
« em: Novembro 19, 2008, 06:12:21 »
Região Oeste pode acolher nova equipa

CORREDORES “DESEMPREGADOS” PROCURAM SOLUÇÕES

Com a possibilidade de algumas equipas desaparecerem – Benfica e Centro de Ciclismo de Loulé são os casos mais problemáticos –, vários ciclistas poderão ficar desempregados. No sentido de evitar que isso aconteça, alguns deles não desistem.

Depois de o Cartaxo ter anunciado a intenção de fazer uma formação, agora é a região Oeste que poderá acolher também uma equipa profissional.

Bruno Castanheira e Hélder Miranda, ciclistas vítimas do desaparecimento do Benfica, são os rostos visíveis deste projecto. “Neste momento, o trabalho base está a ser feito. Já houve contactos para a obtenção de equipamentos e bicicletas, agora estamos na fase dos contactos com possíveis patrocinadores e Câmaras Municipais. A nossa intervenção tem sido feita na região Oeste, onde residimos”, revela Castanheira.

O orçamento ronda os 350 a 400 mil euros. “É um projecto pequeno”, frisa ainda o ciclista, sublinhando que, além da questão financeira, necessária para sustento das famílias, o objectivo de colocar de pé uma nova equipa assenta em outros pressupostos. “Precisamos de correr, não estamos em idade de acabar já com a carreira.”

Para lá de Castanheira e Miranda, o projecto integra outros ciclistas que também podem ficar no desemprego: Nuno Marta e Hugo Vítor correram esta época no CC de Loulé que também ainda não tem assegurada a sua continuidade.

RECORD

Nova equipa pode nascer no Oeste

No ciclismo, o Oeste é a memória de Joaquim Agostinho, a prova internacional que tem o seu nome e os clubes de formação. Em 2009, a região pode vir a albergar uma nova equipa profissional, caso haja luz verde ao projecto promovido por Bruno Castanheira e Hélder Miranda, ciclistas que militaram em 2007 e 2008 no Benfica e, face à crise, lideram a criação de uma equipa profissional, com um plantel de 11/12 atletas e orçamento entre os 300 e os 400 mil euros.

"A região do Oeste tem muita tradição no ciclismo. Mediante a disponibilidade de vários corredores da região, sem equipa, a criação de um novo projecto, com ideias novas e uma outra postura, faz todo o sentido", avalia Bruno Castanheira. "É um projecto diferente, que visa ir além do ciclismo como é actualmente entendido e procura ter uma componente social e pedagógica", adianta, confessando ter contactos para os três anos de duração inicial prevista. "Mediante a situação, tivemos de fazer algo. Algumas equipas estão a acabar, outras optam por contratar ciclistas a custo quase zero e, no nosso entender, não é nesta base que se faz ciclismo", acrescentou.

Hugo Vítor e Nuno Marta (ex-CC Loulé), Bruno Castanheira e Hélder Miranda (ex-Benfica), Micael Isidoro (ex-Fercase-Rota dos Móveis) são alguns dos ciclistas que incorporam o projecto. Do pelotão 2008, Benfica e LA-MSS não acompanharão a caravana na próxima época - o CC Loulé está em dúvida - um défice apenas anulado pelo surgimento do Cartaxo.

O último grande projecto de ciclismo no Oeste data dos anos noventa, período em que Sicasal chegou a dominar o pelotão.

in O JOGO

 

9
Cidadania - Geral / Eleições no PSD
« em: Maio 10, 2008, 23:21:05 »
O tema actual, em termos políticos e que mais agitam os media nacionais, são as eleições do PSD.
 
Naturalmente existem outros temas que preenchem a agenda mediática mas o circo concentra-se em três grandes colossos.

De um lado temos uma grande atleta com muitos anos de experiência (talvez demais) e segundo dizem, descende de um antigo ministro que trabalhou para o Rei...o pensamento dinástico no seu melhor.
 
Por essa linha de pensamento, VASA é uma dinastia real Sueca. Como não sou apologista de famílias dinásticas, ou corporativismos que secam tudo em seu redor, quais eucaliptos, nem tão pouco acredito no pensamento e comportamento feudal, discordo com a imagem que esta atleta já passou!

Já nos chamou de rascas, pediu-nos para andar de tanga, mandou-me apertar o cinto e agora ainda por cima, oprimido num clima de medo, levo com outra personagem (ou artista) que diz tangas quase todos os dias ao melhor estilo propagandista da Alemanha pré II WWW.

O resultado disto?
 
A GERAÇÃO das/os LICENCIADAS/OS em CAIXAS de SUPERMERCADO e CALL CENTERS.

Em todos os estratos profissionais um denominador comum: PRECARIDADE.

Mais disto, outra vez?

Vamos agora a outro candidato. O flop, infelizmente, tem acompanhado a sua vida politica, apesar, da sua motivação e princípios sociais democratas. É nítida a sua admiração pela emblemática figura do PSD, Sá Carneiro, que como dizem por ai, foi traído, vai-se lá saber por quem?...

Resta-nos o jovem quarentão. Que número vai ele fazer? Ninguém conhece o seu potencial e parece que há muito andava a preparar-se para apresentar o seu número. Fala bem mas não diz nada. Mais um grande artista do circo que serve bem para colocar o pozinho de arroz na cara, que vende tantos jornais e nos invade a casa pela televisão com um falar mansinho...
O homem não tem autoridade naquilo que diz, pelo menos por agora. Desconfio que o seu numero será o de marioneta, a julgar pelos pesos pesados que tem por detrás. Tem é de comprar vários espelhos retrovisores não vá alguém lembrar-se de fazer um numero à la César...talvez... porque acredito que especialistas atrás dele não faltam. Na verdade, creio que se está a projectar para o futuro.

Mas existem mais dois. De um mal se houve falar. Do outro pouco se sabe. O circo mediático têm-lhes prestado pouca atenção. Afinal o que andam eles a fazer? E porque se candidataram?

Patinha Antão, (com um nome assim nos media de hoje...) chegou a aparecer na TV e curiosamente até desafiou outros candidatos a concorrerem. De repente desapareceu...

Como sou curioso lá fui indagar quem é o homem. Professor catedrático e deputado numero dois. Porta voz da bancada social democrata para a economia. Pergunto, o que faz um professor universitário, deputado  numa corrida com adversários tão bem posicionados mediaticamente? Só se tiver ideias fortes ou alguma estratégia e projecto eficaz para o país que ainda não apresentou.

E depois vem o menos mediático, talvez o dono do circo porque é empresário...na vida real.

Agora a sério, pois todo o clima de ataques que iremos ouvir e já ouvimos é lamentável. Penso que usando humor como faço acima, é o máximo que se pode aplicar nestes tempos que correm.

Se existem pessoas do saber e do fazer porque andam os media, nitidamente a colocar os seus holofotes só nos artistas que querem e privam o publico de ver os outros dois?

Pergunto, a Entidade Reguladora anda a fazer o quê?
Esta é a democracia que estamos a criar...

Por isso, com vontade de conhecer todos os intervenientes na corrida, lá fui tentar conhecê-los na internet:

http://ferreiraleite.com/

http://passoscoelho.info/

http://www.pedrosantanalopes.com/

http://www.mariopatinhaantao.com/

http://www.antonionetodasilva.org/


Outros Links:

http://psd2008.lisbonlab.com/


Artigos:

http://codfishwaters.com/2008/05/09/candidatos-psd-ii/
http://imagensdokaos.wordpress.com/2006/06/04/cavaco-silva-manuela-ferreira-leite-e-antonio-borges/
http://pauloquerido.net/tecnologia/porque-pode-pedro-passos-coelho-perder-estas-directas/
http://pauloquerido.net/politica/quem-foi-ao-mar-perdeu-o-lugar/


O PSD é a imagem do país. Está dividido e vive na cultura do salve-se quem puder. Precisa de um projecto económico com metas credíveis e atingíveis, sustentados pelo espírito ganhador que só se alcança quando existe espírito de equipa e objectivos ambiciosos, ousados, que reúnam condições para que juntos vençamos o desemprego e os desafios globais.  

Na cultura do vale tudo, os valores ficam em segundo lugar e vejam onde nos estão a levar esses comportamentos.

Comentem,

10
Cidadania - Geral / Impacto do Congresso PSD em Torres Vedras
« em: Outubro 12, 2007, 21:01:26 »
Caros foristas,

Verifico que o começam os preparativos para o congresso do PSD na nossa cidade.
Torres Vedras irá estar nos meios de comunicação nos próximos dias paralelamente com as celebrações de Fátima.

Iremos por isso ter nos próximos dias, dias de reflexão, de esperança e de confronto de ideias.

Dum lado a tranquilidade, a espiritualidade o recolhimento e a reflexão, atitude que também não deixará de acontecer em Torres Vedras, apesar de probalvelmente se assistir a alguma agitação própria  deste tipo de eventos.
 
Sinto alguma esperança. Esperança que pessoas em atitude de veneração, se entregam nas suas preçes e peçam pelos males das nossas vidas, pela paz no mundo, pela erradicação da pobreza, por melhores condições de vida no país. Sujeitas a atitudes e politicas hibridas que não conduzem a uma sensação de segurança, criando instabilidade nas familias portuguesas. Híbridas porque não se situam em plano algum, definido, transparente e sério. Hibridas porque nem são de direita, esquerda ou outra coisa qualquer. Hibridas porque partindo de um sistema que se diz socialista adopta atitudes que colocam em causa a liberdade de pensamento. Hibridas porque assentam no show off muito à moda duma parada gay, ao invés de se afirmarem como reclamentes sérios dos seus direitos e condição sexual assumida. Híbrido porque não se assume, nem se encontra em manifesto politico algum. E quem não se assume ou é por medo ou porque esconde algo, e sendo assim não é de confiar. Por medo de se manisfestar, porque comentários jogozos já são uma anedota nacional. Imaginem se fosse por outra condição qualquer... Medo porque esse começa a ser o clima que se vive na função publica, com a negra nuvem dos despedimentos a pairar sobre a suas cabeças e a afectar toda a produtividade mercê da indifenição híbrida dos seus postos de trabalho.
Cada vez mais se assiste a uma iliteracia informática que distancia a maior parte da população dos mecanismos burocraticos que também outras politicas hibridas ajudaram a criar. Ao invés de se apostar em reformas que previligiem a formação basica nas TI's por parte da população e demais funcionalismo publico através de fundos europeus, assiste-se a reformas que começam pelo fim, não criando bases de sustentabilidade e inclusão do maior capital que este país possui, as pessoas!!!!!

E porque o sistema social democrático é na perspectiva de muitos lutadores da democracia o sistema mais adaptado aos nossos tempos é tempo também de se afirmar e conduzir politicas sociais e económicas justas assentes na pluralidade e justiça democráticas.

"A social-democracia (ou socialdemocracia) é uma ideologia que surgiu em fins do século XIX e início do século XX por partidários do marxismo que acreditavam que a transição para uma sociedade socialista poderia ocorrer sem revoluções, mas por meio de uma evolução democrática. A ideologia socialdemocrata prega uma gradual reforma legislativa do sistema capitalista a fim de torná-lo mais igualitário, geralmente tendo em meta uma sociedade socialista. A socialdemocracia tem suas raízes na idéia de Karl Marx que seria possível, em certos países, estabelecer o comunismo ou socialismo por uma revolução pacífica e democrática. Essa idéia tambem foi avançada por Friedrich Engels e principalmente por Karl Kautsky.

A Internacional Socialista definiu a socialdemocracia como forma ideal de democracia representativa, que pode solucionar os problemas encontrados numa democracia liberal, enfatizando os seguintes princípios para construir um estado de bem estar social: Primeiro, a liberdade inclui não somente as liberdades individuais, entendendo-se por "liberdade" também o direito a não ser discriminado e de não ser submisso aos proprietários dos meios de produção e detentores de poder político abusivo. Segundo, deve haver igualdade e justiça social, não somente perante a lei mas também em termos econômicos e sócio-culturais, o que permite oportunidades iguais para todos, incluindo aqueles que têm desigualdades físicas, sociais ou mentais. Finalmente, é fundamental que haja solidariedade e que seja desenvolvido um senso de compaixão para vítimas da injustiça e desigualdade."

Principios da Social Democracia

    * 1. O combate a miséria, sendo assegurado direitos como moradia, saúde e segurança básicas. Cabendo ao estado também criar condições favoráveis a oportunidade de emprego.

    * 2. O fortalecimento das instituições inter-governamentais, sem que, com isso, a soberania dos países seja ameaçada. Livre concorrência, desde que, no momento, tal seja proveitoso para as partes envolvidas.

    * 3. Limites e liberdade as organizações civis como sindicatos, ongs, igrejas, imprensa.

    * 4. Evitar a formação de monopólios e oligopólios, sem sacrificar setores estratégicos do estado.

    * 5. Desapropriação de terras na medida do necessário como garantia de sobrevivência.

    * 6. Intervenção na economia quando necessário e em setores estratégicos, evitando grandes prejuízos ao país e a população


in wikipédia


Por isso considero cada vez mais necessário haver oportunidades para surgirem homens e mulheres de causas. O que ultimamente se tem verificado são os partidos políticos correrem ao poder pelo poder ao invés de correrem por melhores condições para as populações do país (eleitores) que representam.

Nós os cidadãos precisamos de homenes e mulheres sérios.

Páginas: [1]