Mostrar Mensagens

Esta secção permite-lhe ver todas as mensagens colocadas por este membro. De realçar que apenas pode ver as mensagens colocadas em zonas em que você tem acesso.


Tópicos - Openeye

Páginas: [1]
1
Boa tarde, Sr.Presidente da Câmara.
Sou um empresário com estabelecimento junto ao jardim da graça.
Gostaria de saber quando é que a câmara toma medidas sobre a vergonha que se passa todos os dias no nosso Jardim da Graça.
Refiro-me mais concretamente aos indíviduos que supostamente vão todos os dias tomar a metadona, no instituto situado junto ao jardim da graça.
1º Após tomarem a dose diária de metadona, vão todos em grupo para os bancos e muros do jardim consumir e vender droga à descarada, pouco se ralando com quem passa e vê. Ficam no jardim todo o dia.
2º As pessoas têm medo de circular e sentarem-se no jardim. Dantes ainda se viam pais e avós com os filhos e netos, agora, as pessoas deixarem de frequentar o jardim com MEDO, dado que estes indíviduos pedem dinheiro, e quem não dá é enxovalhado e ameaçado.
Entram nos estabelecimentos e escritórios a pedir e quem não dá é ameaçado que caso chamem a polícia " não sabe o que acontece.."
3º A nossa polícia é outra vergonha. Apenas passa multas. Porque não é destacado um ou mais elementos para estarem no jardim a ver o que se passa ? E detê-los quando isso for necessário.
O nosso Jardim da Graça, tornou-se num antro de consumo e venda de droga. VERGONHOSO
É linda a imagem que passa aos nossos jovens, a toda a população e a quem nos visita. Se repararem isto acontece junto ao único hotel que a nossa cidade tem, portanto onde é mais frequente a presença e circulação de turistas. Bonito postal.....
Não sou contra o tratamento a que estas pessoas se submetem, pelo contrário.
Mas, Sr Presidente, faça um favor à cidade, cidadãos e a si próprio. Mude a localização deste centro de "tratamentos". Se possível para fora da cidade, onde estes indivíduos não importunam as pessoas. Por exemplo o centro hospitalar do Barro.
Segundo consta este problema já é do conhecimento seu, e de outras entidades, por isso não compreendo a passividade.Todos assobiam para cima.
Quando acontecer alguma desgraça, é que tomam medidas.
Zele pelo interesse dos seus munícipes, por favor. E deixe-nos viver na nossa cidade sem medo.


2
Boa tarde, Sr.Presidente da Câmara.
Sou um empresário com estabelecimento junto ao jardim da graça.
Gostaria de saber quando é que a câmara toma medidas sobre a vergonha que se passa todos os dias no nosso Jardim da Graça.
Refiro-me mais concretamente aos indíviduos que supostamente vão todos os dias tomar a metadona, no instituto situado junto ao jardim da graça.
1º Após tomarem a dose diária de metadona, vão todos em grupo para os bancos e muros do jardim consumir e vender droga à descarada, pouco se ralando com quem passa e vê. Ficam no jardim todo o dia.
2º As pessoas têm medo de circular e sentarem-se no jardim. Dantes ainda se viam pais e avós com os filhos e netos, agora, as pessoas deixarem de frequentar o jardim com MEDO, dado que estes indíviduos pedem dinheiro, e quem não dá é enxovalhado e ameaçado.
Entram nos estabelecimentos e escritórios a pedir e quem não dá é ameaçado que caso chamem a polícia " não sabe o que acontece.."
3º A nossa polícia é outra vergonha. Apenas passa multas. Porque não é destacado um ou mais elementos para estarem no jardim a ver o que se passa ? E detê-los quando isso for necessário.
O nosso Jardim da Graça, tornou-se num antro de consumo e venda de droga. VERGONHOSO
É linda a imagem que passa aos nossos jovens, a toda a população e a quem nos visita. Se repararem isto acontece junto ao único hotel que a nossa cidade tem, portanto onde é mais frequente a presença e circulação de turistas. Bonito postal.....
Não sou contra o tratamento a que estas pessoas se submetem, pelo contrário.
Mas, Sr Presidente, faça um favor à cidade, cidadãos e a si próprio. Mude a localização deste centro de "tratamentos". Se possível para fora da cidade, onde estes indivíduos não importunam as pessoas. Por exemplo o centro hospitalar do Barro.
Segundo consta este problema já é do conhecimento seu, e de outras entidades, por isso não compreendo a passividade.Todos assobiam para cima.
Quando acontecer alguma desgraça, é que tomam medidas.
Zele pelo interesse dos seus munícipes, por favor. E deixe-nos viver na nossa cidade sem medo.


3
Boa tarde, Sr.Presidente da Câmara.
Sou um empresário com estabelecimento junto ao jardim da graça.
Gostaria de saber quando é que a câmara toma medidas sobre a vergonha que se passa todos os dias no nosso Jardim da Graça.
Refiro-me mais concretamente aos indíviduos que supostamente vão todos os dias tomar a metadona, no instituto situado junto ao jardim da graça.
1º Após tomarem a dose diária de metadona, vão todos em grupo para os bancos e muros do jardim consumir e vender droga à descarada, pouco se ralando com quem passa e vê. Ficam no jardim todo o dia.
2º As pessoas têm medo de circular e sentarem-se no jardim. Dantes ainda se viam pais e avós com os filhos e netos, agora, as pessoas deixarem de frequentar o jardim com MEDO, dado que estes indíviduos pedem dinheiro, e quem não dá é enxovalhado e ameaçado.
Entram nos estabelecimentos e escritórios a pedir e quem não dá é ameaçado que caso chamem a polícia " não sabe o que acontece.."
3º A nossa polícia é outra vergonha. Apenas passa multas. Porque não é destacado um ou mais elementos para estarem no jardim a ver o que se passa ? E detê-los quando isso for necessário.
O nosso Jardim da Graça, tornou-se num antro de consumo e venda de droga. VERGONHOSO
É linda a imagem que passa aos nossos jovens, a toda a população e a quem nos visita. Se repararem isto acontece junto ao único hotel que a nossa cidade tem, portanto onde é mais frequente a presença e circulação de turistas. Bonito postal.....
Não sou contra o tratamento a que estas pessoas se submetem, pelo contrário.
Mas, Sr Presidente, faça um favor à cidade, cidadãos e a si próprio. Mude a localização deste centro de "tratamentos". Se possível para fora da cidade, onde estes indivíduos não importunam as pessoas. Por exemplo o centro hospitalar do Barro.
Segundo consta este problema já é do conhecimento seu, e de outras entidades, por isso não compreendo a passividade.Todos assobiam para cima.
Quando acontecer alguma desgraça, é que tomam medidas.
Zele pelo interesse dos seus munícipes, por favor. E deixe-nos viver na nossa cidade sem medo.


4
Boa tarde, Sr.Presidente da Câmara.
Sou um empresário com estabelecimento junto ao jardim da graça.
Gostaria de saber quando é que a câmara toma medidas sobre a vergonha que se passa todos os dias no nosso Jardim da Graça.
Refiro-me mais concretamente aos indíviduos que supostamente vão todos os dias tomar a metadona, no instituto situado junto ao jardim da graça.
1º Após tomarem a dose diária de metadona, vão todos em grupo para os bancos e muros do jardim consumir e vender droga à descarada, pouco se ralando com quem passa e vê. Ficam no jardim todo o dia.
2º As pessoas têm medo de circular e sentarem-se no jardim. Dantes ainda se viam pais e avós com os filhos e netos, agora, as pessoas deixarem de frequentar o jardim com MEDO, dado que estes indíviduos pedem dinheiro, e quem não dá é enxovalhado e ameaçado.
Entram nos estabelecimentos e escritórios a pedir e quem não dá é ameaçado que caso chamem a polícia " não sabe o que acontece.."
3º A nossa polícia é outra vergonha. Apenas passa multas. Porque não é destacado um ou mais elementos para estarem no jardim a ver o que se passa ? E detê-los quando isso for necessário.
O nosso Jardim da Graça, tornou-se num antro de consumo e venda de droga. VERGONHOSO
É linda a imagem que passa aos nossos jovens, a toda a população e a quem nos visita. Se repararem isto acontece junto ao único hotel que a nossa cidade tem, portanto onde é mais frequente a presença e circulação de turistas. Bonito postal.....
Não sou contra o tratamento a que estas pessoas se submetem, pelo contrário.
Mas, Sr Presidente, faça um favor à cidade, cidadãos e a si próprio. Mude a localização deste centro de "tratamentos". Se possível para fora da cidade, onde estes indivíduos não importunam as pessoas. Por exemplo o centro hospitalar do Barro.
Segundo consta este problema já é do conhecimento seu, e de outras entidades, por isso não compreendo a passividade.Todos assobiam para cima.
Quando acontecer alguma desgraça, é que tomam medidas.
Zele pelo interesse dos seus munícipes, por favor. E deixe-nos viver na nossa cidade sem medo.


5
Boa tarde, Sr.Presidente da Câmara.
Sou um empresário com estabelecimento junto ao jardim da graça.
Gostaria de saber quando é que a câmara toma medidas sobre a vergonha que se passa todos os dias no nosso Jardim da Graça.
Refiro-me mais concretamente aos indíviduos que supostamente vão todos os dias tomar a metadona, no instituto situado junto ao jardim da graça.
1º Após tomarem a dose diária de metadona, vão todos em grupo para os bancos e muros do jardim consumir e vender droga à descarada, pouco se ralando com quem passa e vê. Ficam no jardim todo o dia.
2º As pessoas têm medo de circular e sentarem-se no jardim. Dantes ainda se viam pais e avós com os filhos e netos, agora, as pessoas deixarem de frequentar o jardim com MEDO, dado que estes indíviduos pedem dinheiro, e quem não dá é enxovalhado e ameaçado.
Entram nos estabelecimentos e escritórios a pedir e quem não dá é ameaçado que caso chamem a polícia " não sabe o que acontece.."
3º A nossa polícia é outra vergonha. Apenas passa multas. Porque não é destacado um ou mais elementos para estarem no jardim a ver o que se passa ? E detê-los quando isso for necessário.
O nosso Jardim da Graça, tornou-se num antro de consumo e venda de droga. VERGONHOSO
É linda a imagem que passa aos nossos jovens, a toda a população e a quem nos visita. Se repararem isto acontece junto ao único hotel que a nossa cidade tem, portanto onde é mais frequente a presença e circulação de turistas. Bonito postal.....
Não sou contra o tratamento a que estas pessoas se submetem, pelo contrário.
Mas, Sr Presidente, faça um favor à cidade, cidadãos e a si próprio. Mude a localização deste centro de "tratamentos". Se possível para fora da cidade, onde estes indivíduos não importunam as pessoas. Por exemplo o centro hospitalar do Barro.
Segundo consta este problema já é do conhecimento seu, e de outras entidades, por isso não compreendo a passividade.Todos assobiam para cima.
Quando acontecer alguma desgraça, é que tomam medidas.
Zele pelo interesse dos seus munícipes, por favor. E deixe-nos viver na nossa cidade sem medo.


6
Boa tarde, Sr.Presidente da Câmara.
Sou um empresário com estabelecimento junto ao jardim da graça.
Gostaria de saber quando é que a câmara toma medidas sobre a vergonha que se passa todos os dias no nosso Jardim da Graça.
Refiro-me mais concretamente aos indíviduos que supostamente vão todos os dias tomar a metadona, no instituto situado junto ao jardim da graça.
1º Após tomarem a dose diária de metadona, vão todos em grupo para os bancos e muros do jardim consumir e vender droga à descarada, pouco se ralando com quem passa e vê. Ficam no jardim todo o dia.
2º As pessoas têm medo de circular e sentarem-se no jardim. Dantes ainda se viam pais e avós com os filhos e netos, agora, as pessoas deixarem de frequentar o jardim com MEDO, dado que estes indíviduos pedem dinheiro, e quem não dá é enxovalhado e ameaçado.
Entram nos estabelecimentos e escritórios a pedir e quem não dá é ameaçado que caso chamem a polícia " não sabe o que acontece.."
3º A nossa polícia é outra vergonha. Apenas passa multas. Porque não é destacado um ou mais elementos para estarem no jardim a ver o que se passa ? E detê-los quando isso for necessário.
O nosso Jardim da Graça, tornou-se num antro de consumo e venda de droga. VERGONHOSO
É linda a imagem que passa aos nossos jovens, a toda a população e a quem nos visita. Se repararem isto acontece junto ao único hotel que a nossa cidade tem, portanto onde é mais frequente a presença e circulação de turistas. Bonito postal.....
Não sou contra o tratamento a que estas pessoas se submetem, pelo contrário.
Mas, Sr Presidente, faça um favor à cidade, cidadãos e a si próprio. Mude a localização deste centro de "tratamentos". Se possível para fora da cidade, onde estes indivíduos não importunam as pessoas. Por exemplo o centro hospitalar do Barro.
Segundo consta este problema já é do conhecimento seu, e de outras entidades, por isso não compreendo a passividade.Todos assobiam para cima.
Quando acontecer alguma desgraça, é que tomam medidas.
Zele pelo interesse dos seus munícipes, por favor. E deixe-nos viver na nossa cidade sem medo.


7
Boa tarde, Sr.Presidente da Câmara.
Sou um empresário com estabelecimento junto ao jardim da graça.
Gostaria de saber quando é que a câmara toma medidas sobre a vergonha que se passa todos os dias no nosso Jardim da Graça.
Refiro-me mais concretamente aos indíviduos que supostamente vão todos os dias tomar a metadona, no instituto situado junto ao jardim da graça.
1º Após tomarem a dose diária de metadona, vão todos em grupo para os bancos e muros do jardim consumir e vender droga à descarada, pouco se ralando com quem passa e vê. Ficam no jardim todo o dia.
2º As pessoas têm medo de circular e sentarem-se no jardim. Dantes ainda se viam pais e avós com os filhos e netos, agora, as pessoas deixarem de frequentar o jardim com MEDO, dado que estes indíviduos pedem dinheiro, e quem não dá é enxovalhado e ameaçado.
Entram nos estabelecimentos e escritórios a pedir e quem não dá é ameaçado que caso chamem a polícia " não sabe o que acontece.."
3º A nossa polícia é outra vergonha. Apenas passa multas. Porque não é destacado um ou mais elementos para estarem no jardim a ver o que se passa ? E detê-los quando isso for necessário.
O nosso Jardim da Graça, tornou-se num antro de consumo e venda de droga. VERGONHOSO
É linda a imagem que passa aos nossos jovens, a toda a população e a quem nos visita. Se repararem isto acontece junto ao único hotel que a nossa cidade tem, portanto onde é mais frequente a presença e circulação de turistas. Bonito postal.....
Não sou contra o tratamento a que estas pessoas se submetem, pelo contrário.
Mas, Sr Presidente, faça um favor à cidade, cidadãos e a si próprio. Mude a localização deste centro de "tratamentos". Se possível para fora da cidade, onde estes indivíduos não importunam as pessoas. Por exemplo o centro hospitalar do Barro.
Segundo consta este problema já é do conhecimento seu, e de outras entidades, por isso não compreendo a passividade.Todos assobiam para cima.
Quando acontecer alguma desgraça, é que tomam medidas.
Zele pelo interesse dos seus munícipes, por favor. E deixe-nos viver na nossa cidade sem medo.

8
Geral - Desporto / Torneio Hóquei em Patins - 2011
« em: Janeiro 19, 2011, 15:33:23 »
Senhor presidente, e responsável pelo pelouro do desporto.
Venho através deste fórum pedir um esclarecimento.
Na AEFDTV, corre o boato ( pelos vistos verdade ), de que a CMTV, este ano não apoia a realização do Torneio de Hóquei em Patins. Após consulta aos documentos previsionais da despesas da CMTV, para o exercício de 2011, constatei que realmente o mesmo não foi orçamentado ( contrariamente a 2010 ). Também não existe rúbrica no orçamento para a realização do Gimnoeste.
Gostava este cidadão, e sócio da AEFDTV, de saber ( se possível ), qual o motivo para o fim destes apoios.
Curioso é que nas rúbricas de Transferencias correntes-Inst.s/ fins lucrativos, comprarando 2010 a 2011, apenas estas duas rúbricas desapareceram.
Importa referir que estas duas rúbricas custaram ao nosso município em 2010, o valor de 10.000,00€.
Coincidência ou não, são dois eventos realizados pela AEFDTV.
Será que a CMTV, deu a verba à Física de outra forma ? Se calhar foi para apoiar a equipa de seniores de hóquei em patins.....
A CMTV esqueceu-se dos jovens atletas da Física em 2011.
Estes eventos movimentam centenas de atletas, e são um orgulho para a nossa cidade.
São eventos que todos os atletas gostam e têm orgulho em participar. São momentos em que os atletas mostram aos pais e aos espectadores, o que fazem durante o ano.
Se não fosse a Física, no nosso concelho o único desporto que se praticava era o futebol.
Para terminar peço aos responsáveis que apoiem os nossos atletas, dado que a verba é irrisória ( 10.000 €), num orçamento de 61.5 milhóes de euros.
Concerteza que podem reduzir qualquer coisa nas restante rúbricas.
Façam esse esforço.
Obrigado

9
Pede-se a alguém da cmtv, que contacte o proprietário do edifício, e, mande colocar um taipal ou outra forma de não permitir o acesso ao interior do edifício. Este edifício está-se a tornar num antro de droga, e outras coisas mais..... Ainda hoje ( 29.12 ), pelas 9 da manhã, saiam de lá 3 rapazes e uma rapariga, com idades no máximo de 19/20 anos, num estado lastimável. Se é triste que aconteça am qualquer sítio, mais triste é acontecer no centro da cidade.
Alerto também para a tristeza que é, ver o jardim da graça entre as 10 e as 14 horas. É um corropio dos indivíduos que vão tomar metadona, a consumirem e a passarem droga. Vergonhoso.
Mais vergonhoso ainda, é que nunca lá vi um polícia a interpelá-los. A polícia só aparece para controlar os paquímetros. Triste.

ONDE PÁRA A POlíCIA  Desde que o posto mudou de local, a PSP deixou de cá vir ao centro da cidade.

10
Pede-se a alguém da cmtv, que contacte o proprietário do edifício, e, mande colocar um taipal ou outra forma de não permitir o acesso ao interior do edifício. Este edifício está-se a tornar num antro de droga, e outras coisas mais..... Ainda hoje ( 29.12 ), pelas 9 da manhã, saiam de lá 3 rapazes e uma rapariga, com idades no máximo de 19/20 anos, num estado lastimável. Se é triste que aconteça am qualquer sítio, mais triste é acontecer no centro da cidade.
Alerto também para a tristeza que é, ver o jardim da graça entre as 10 e as 14 horas. É um corropio dos indivíduos que vão tomar metadona, a consumirem e a passarem droga. Vergonhoso.
Mais vergonhoso ainda, é que nunca lá vi um polícia a interpelá-los. A polícia só aparece para controlar os paquímetros. Triste.

ONDE PÁRA A POlíCIA ??? Desde que o posto mudou de local, a PSP deixou de cá vir ao centro da cidade.

Páginas: [1]