Autor Tópico: higiene publica  (Lida 3344 vezes)

Offline CRAVO

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 27
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
higiene publica
« em: Junho 11, 2003, 01:27:46 »
quando se limpa este lixo junto aos pontos verdes,que certas pessoas teimam em deixar a sua imagem para que todos vejam? desde a semana passada que est´´a aqui este lixo perto da casa do Sr:Presidente.

 


 

Offline vitor107

  • Jr. Member
  • **
  • Mensagens: 67
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
higiene publica
« Responder #1 em: Junho 17, 2003, 22:34:34 »
Eu proponho mesmo que seja retirado este ecoponto da esquina da Rua Ana Maria Bastos, pois tornou-se nítido que vários vizinhos meus não se encontarm preparados para viver na civilização e por isso largam os sacos do lixo junto a qualquer coisa mais ou menos semelhante a um contentor.
É claro que se o referido ecoponto for retirado, aquela parte do passeio   voltará a ser ocupada por automóveis que obrigarão as pessoas a circular pelo meio da rua, mas pelo menos haverá algum lixo a menos a se espalhar pela rua.
Obrigado.

 
 

Offline Carlos Miguel

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 779
  • Popularidade: +1/-4
    • Ver Perfil
    • http://www.cm-tvedras.pt
higiene publica
« Responder #2 em: Junho 18, 2003, 20:37:29 »
A Câmara Municipal tem evitado a identificação e aplicação de coimas aos infractores, mas depois de tanta campanha de sensibilização, não existe alternativa.
Infelizmente há muita gente que só compreende a linguagem sancionatória.

Cumprimentos

Carlos Miguel

 
 

Offline Rui Estrela

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 41
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
higiene publica
« Responder #3 em: Junho 24, 2003, 07:02:40 »
Na Av. Gen Humberto Delgado (junto ao nº 27), a CMTV (depois de se terem incendiado os moloc's anteriores) substituiu um moloc de papel que existia no local por um moloc de lixo doméstico - ficaram a ser três.

Habitualmente eu e muita gente na zona faziamos a separação do papel, pois o moloc estava sempre cheio. O que fazer agora que desapareceu esse moloc? Qual o mais próximo desse local?

Aproveito para sugerir a colocação de um ecoponto nesse local. Trata-se de uma área residencial com alguma dimensão e que tem vários cafés e lojas por perto.

Rui Estrela

 
 

Offline sector higiene pública

  • Mensagens: 15
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
higiene publica
« Responder #4 em: Julho 02, 2003, 19:41:43 »
Caro Rui Estrela

Quanto ao contentor para papel na Humberto Delgado (junto ao n.º 27), após o incêndio a CMTV não tinha em stock tampas apropriadas para o contentor de papel, optou-se por colocar um tampa para rsu indiferenciado. Contamos repor a situação inicial, esta semana, com a colocação de uma tampa apropriada para a deposição selectiva de papel.

Obrigado pelo alerta. Cumprimentos

sector de higiene pública

 
 

Offline Rui Estrela

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 41
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
higiene publica
« Responder #5 em: Julho 06, 2003, 02:38:20 »
Serve a presente para apresentar os meus agradecimentos à CMTV pela explicação bem como pela reposição da tal tampa azul que já se encontra no local.

Fica no entanto a sugestão para que se analise a hipotese de colocação de um ecoponto na Avenida para que a reciclagem não se fique apenas pelo papel.

Rui Estrela

 
 

Offline mcm

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 189
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
higiene publica
« Responder #6 em: Outubro 10, 2003, 09:12:49 »
[:(!]Ai o famoso e tão doloroso problema dos residuos. Miam, gritam, hurram e trinta por uma linha, mas resultado = 0. Os écopontos devem ter partido na sua faze experimental da contracção do ÉCO e do PONTO. Surpresa... nem um nem outro.É efectivamente ridiculo que se tenha inundado com esta ornamentação muito rançosa, uma aglomeração que está geminada com uma Francesa - Villenave D'Ornon (suburbio sul de Bordéus)e que nas viagens que têm feito não tenham trazido o esquema da recolha selectiva porta a porta, pelo menos na cidade numa faze inicial que poderia ser estendida a todo o concelho ulteriormente, mas as viagens não são de trabalho e é pena para os Torrienses. Vão fezendo como a malta cá no bairro dos pretos, enquanto não tivermos contentores individuais não há selecção de lixo para ninguém. Até há date eu acho que a industria paga para a reciclagem do lixo que nos impõem, não compreendo porque é que tenho que pagar e -não é pouco- para fazer a trigem e depois esse produto vai ser vendido. Ou seja há por alguém que percebeu bém como fazer entrar dinheiro por duas portas. Mais concretamente. todos os anos passo dois mêses em ...cruz (fotografias como prova) e se me desse au luxo de separar os residuos tinha que efectuar nada mais nada menos que uns bons 500 metros para o depositar. Terei feito mal a alguém? tenho a consciencia tranquila. Resolvam a coisa como quiserem, esperem sempre pelo meu apoio no dia em que mudarem a optica da recolha dos residuos.
Atentamente   mcm[V]
"A ambição pela qual não temos competência é um crime"  " ChateauBriand"
MCM@

Offline Carlos Miguel

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 779
  • Popularidade: +1/-4
    • Ver Perfil
    • http://www.cm-tvedras.pt
higiene publica
« Responder #7 em: Outubro 14, 2003, 22:55:04 »
Recolha porta-a-porta com dia e hora fixado é uma boa solução para todos nós.
Antes disso teríamos que fazer a cabeça a muito e bom torreense.
Basta passar pelos contentores e ver o lixo que está em volta, quando o recipiente está vazio, para aferir da educação e do civismo reinante.
E para resolver esta questão de base não há campanha de sensibilização que resista.
Há cerca de 15 anos estive em Toronto (em passeio) e já nessa altura o lixo era recolhido duas vezes por semana numa determinada hora.
Havemos de lá chegar.

Cumprimentos

Carlos Miguel
 

Offline baaroque

  • Mensagens: 105
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
higiene publica
« Responder #8 em: Novembro 03, 2003, 20:40:27 »
Já reparei que junto a alguns Moloks que não possuem depósito de cartão existe informação no sentido de este material ser deixado ao lado. Acho que a CMTV deveria ir mais além e, numa aproximação à recolha porta-a-porta, poderiam ser afixados os horários de recolha de lixo (pedindo para evitar acumulação de lixo no exterior dos moloks). Já agora acho que seria de muito interesse indicar junto de cada molok qual é o ecoponto mais próximo, para que os munícipes saibam onde podem deixar pilhas usadas, latas, plásticos, etc. AQcho que seria mais um passo na educação cívica de que o Sr. Vice-Presidente (e eu também) se queixa.
Melhores cumprimentos,
Bruno Roque
 

Offline baaroque

  • Mensagens: 105
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
higiene publica
« Responder #9 em: Novembro 05, 2003, 05:53:25 »
Ainda falando de educação cívica/ambiental, alguém me sabe dizer se existem nas escolas do concelho algumas acções de sensibilização para esta temática? Faço esta pergunta por curiosidade e, confesso, alguma ignorância (uma vez que não tenho filhos em idade escolar e não ouvi falar em nada). É importante educar as novas gerações (de quem temos este mundo esprestado) e, por outro lado, uma boa maneira de chegar aos pais é através dos filhos.
Melhores cumprimentos,
Bruno Roque
 

Offline Carlos Miguel

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 779
  • Popularidade: +1/-4
    • Ver Perfil
    • http://www.cm-tvedras.pt
higiene publica
« Responder #10 em: Novembro 05, 2003, 17:00:49 »
Julgo serem boas ideias, pois a informação nunca é demais desde que não seja repetida.
O Vereador Vale Paulos que nos está a ler, não vai deixar passar em branco a execução das sugestões.

Cumprimentos

Carlos Miguel
 

Offline sector higiene pública

  • Mensagens: 15
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
higiene publica
« Responder #11 em: Novembro 05, 2003, 22:30:41 »
A Câmara Municipal realiza com frequência acções de sensibilização e educação ambiental com especial incidência nas escolas do 1.º ciclo.
Por exemplo, durante o ano passado em cerca de 80 escolas do 1.ºciclo foram realizadas sessões no sentido de sensibilizar os alunos para a problemática dos resíduos e a importância da reciclagem de materiais.
Também durante o mês de Maio, Agosto e Setembro a Câmara Municipal promoveu em conjunto com a RESIOESTE, a exposição "O novo caminho dos resíduos" que incluía a visita a uma exposição sobre resíduos e a realização do jogo da reciclagem. Esta exposição percorreu quase todas as freguesias do Concelho afim de abranger os alunos do 1.ºciclo.

Não será suficiente, mas já é um ponto de partida.
Estão previstas para 2004 mais acções de sensibilização sobre diversos aspectos relacionados com o ambiente e a preservação dos recursos naturais.

cumprimentos,

sector de higiene pública
 

Offline baaroque

  • Mensagens: 105
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
higiene publica
« Responder #12 em: Novembro 06, 2003, 02:26:11 »
Obrigado pela pronta resposta e folgo em saber que existem campanhas em curso. É que separar o lixo é uma pura questão de hábito, e os hábitos vão-se criando com o tempo. É uma das situações em que acho que lembrar só um dia por ano não faz muito sentido. Todos os dias são dias de separar o lixo. Obrigado e continuem o trabalho, que eu também vou continuar a separar o lixo.
Cumprimentos,
Bruno Roque
 

Offline mcm

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 189
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
higiene publica
« Responder #13 em: Abril 22, 2005, 03:47:52 »
Aqui em baixo, no bairro dos pretos no nº8 frenta ao Pingo Doce reside um funcionário da CMTV que todos os dias deposita impecavelmente o seu saquinho do lixo, muito bem arrumadinho ao lado do contentor previsto para esse efeito.É insolito mas o senhor em questão não é em nada um cidadão que tenha sofrido uma amputação e como tal só pode ser mesmo a falta de força para levantar a tampa que para ele deve pesar toneladas. Mais sériamente este cidadão está mesmo a gozar com os outros funcionários encarregues de recolher o lixo, para além de cometer um acto que só demontra o pouco valor humano desse sujeito, também ajuda a espalhar alguma contaminação nos solos.Esse saco que passa a ficar o dia inteiro no chão, permite aos canideos vadios de espalhar ainda mais o lixo que para esse cidadão aparenta ser pouco.[V][V][V][V]Como diz o Dr. Carlos Miguel é só pela força que alguns entendem a razão. Infelizmente tenho que concordar mas eu aplicava mesmo a doer e doeria fosse a quem fosse.Para todos os efeitos eu não mando em nada ainda bem [:)] é só mais um alerta e pela cidade há montes destes para corrigir. Não se faz porque não o queremos esta é só a minha convicção.
Comprimentos
"A ambição pela qual não temos competência é um crime"  " ChateauBriand"
MCM@

Offline nmclaro

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 16
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
higiene publica
« Responder #14 em: Maio 20, 2007, 07:24:26 »
Caríssimos,

Sugiro que procurem conhecer o sistema de recolha de lixo de Viana do Castelo.
Sou um morador recente em Torres Vedras e das (poucas) coisas que menos aprecio em Torres diz respeito precisamente a esta matéria.

Já repararam que na rotunda junto da GNR (Rua Raimundo Porta) é quase preciso saltar para o alcatrão porque o ECOPONTO tem uma dimensão tal que ocupa todo o passeio?

Estive há poucas semanas em Viana do Castelo e é de seguir o exemplo quanto ao "mobiliário urbano" neste aspecto.
Nuno Mendes Claro