Autor Tópico: A Maternidade vai fechar???  (Lida 5886 vezes)

Offline heavenlight

  • Mensagens: 1
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
A Maternidade vai fechar???
« Responder #15 em: Novembro 24, 2008, 22:39:26 »
Boa tarde.
A minha posição relativamente ao hospital de torres vedras não é das melhores, mas posso apresentar factos, e como algumas pessoas os pediram em mansagens anteriores, resolvi dar o meu contributo. Que fique assente que não sou contra o hospital de torres vedras, mas sim que tenho algumas reservas e ponho em causa atitudes e métodos de trabalho.
1- a minha irmã teve a 1ª filha há 19 anos em Torres Vedras. Na ficha dela havia indicação para cesariana, por ela não ter largura pélvica suficiente. No entanto, os médicos resolveram tentar o parto normal. Usaram ferros, o parto demorou horas e por fim fizeram uma cesariana de urgência. A minha irmã ficou ligada à máquina, com risco de não sobreviver, e a minha sobrinha teve uma infecção por ter engolido águas já verdes.
2- Há 10 anos atrás, tinha eu 17 anos, fui para Torres com ameaça de aborto. Não só me trataram mal por eu ser muito nova como me receitaram uns comprimidos para expulsar o feto, não me fizeram raspagem nem aconselharam ecografia posterior, e uma parteira deu-me o cartão dela para o caso de eu um dia querer fazer algum desmanche.
3- Há 8 anos atrás uma moça de 15 anos foi ter um bebé. Não quiseram partir para cesariana - apesar de ela ter indicação para tal -, e só lha fizeram de urgência após ela ter convulsões e entrar em coma.
4- Há 5 anos atrás voltei a engravidar e tive ameaça de aborto. Fui ao Hospital de Torres Vedras e fui atendida pelo mesmo médico que me tinha atendido aos 17 anos. Fez-me uma eco e disse-me que eu estava com ameaça de aborto mas que podia fazer a minha vida normal, passear e não me preocupar. Assim. Sem mais. E depois ia receitar-me os tais comprimidos. Eu recusei a receita e segui directamente para a Maternidade Alfredo da Costa. Fizeram-me lá uma eco, disseram-me que estava grávida de trigémeos e recomendaram-me repouso absoluto e que voltasse caso piorasse pois poderia ter de ficar internada.
5- Pelo menos em 2004 o hospital não estava preparado para cuidar de grandes prematuros. Crianças que necessitavam de internamento na unidade de cuidados intensivos (por exemplo, recém-nascidos de 24 semanas de gestação) tinham de ser transferidos para Lisboa. O transporte de um bebé tão pequeno é só por si um grande risco, e todos os hospitais com maternidade deveriam estar devidamente preparados, embora aí, enfim, se possa "culpar" a falta de verbas, etc.
6- Já em Pediatria: aparece uma criança que em Lisboa (H. D. Estefânia, H.Stª Maria) tem prioridade e é inclusivé levada para uma sala isolada para não estar em contacto com outros doentes (por ser um ex-grande prematuro com muitos problemas e ter indicação médica para tal)e em Torres dizem que não, não tem prioridade, na triagem não assentam sequer o historial médico (bastante complicado) porque só interessa o que levou a criança ali naquele dia e, quando finalmente é chamada, o médico fica um bocadinho abismado com o historial da criança e diz que a criança deveria ter iso a lisboa porque ali não há especialidades...
Serão estes factos suficientes para perceber que há falhas bastante graves?
 

Offline André Martins

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2271
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
A Maternidade vai fechar???
« Responder #16 em: Novembro 25, 2008, 02:19:11 »
Sim. Mas então porque é que não vêm a público essas histórias, não se aponta o dedo aos culpados, e não se faz justiça como deve ser feita? Se há tantas estórias rocambolescas, nada dignas de uma maternidade, porque as coisas não se resolvem? Eu também sei de algumas histórias estranhas das maternidades lisboetas, algumas particulares até, como a do hospital do SAMS. Deixo aqui a proposta: se tais ocorrências voltarem a repetir-se, façam queixa à direcção de saúde. Não cruzem os braços. Porque é por causa de cruzarmos os braços e assobiarmos para o lado que estas situações se repetem, e outras diversas levam o nosso país para o fundo.

Quanto á urgência, heavenlight, deve saber tão bem quanto eu que as crianças têm uma urgência pediátrica em Torres, embora os RH de vez em quando a façam tremer, por incúria de quem nos governa. E quando chegam á triagem são logo encaminhadas para lá. Não acredito que não façam como mandam os cânones de Medicina pediátrica. Torres Vedras é já uma cidade consciente dos males de que padece, não creio que seja a maternidade e a urgência pediátrica a errar tanto. Cabe-nos a nós cidadãos respeitar o trabalho de quem lá trabalha, e reclamar quando este não é feito de acordo com a ética que rege a profissão.
« Última modificação: Novembro 25, 2008, 02:21:17 por the eye »
André Martins

Torres Vedras é uma terra privilegiada. Pena é os privilégios não serem para todos...

Offline adriana

  • Mensagens: 1
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
A Maternidade vai fechar???
« Responder #17 em: Maio 26, 2009, 06:14:55 »
quanto ao facto de terem dado medicamentos para abortar e nao terem feito raspagem nem ecografia, deixem que vos diga k que em lisboa também se faz isso e entra muita gente nas urgências ginecologicas por hemorragias em lisboa!!!

e quanto aos erros médicos, só para vos informar, os medicos que trabalham na maternidade de torres tambem fazem serviço em Lisboa!!!

parem de dizer mal e exijam melhores condiçoes, e nao o fecho da maternidade! porque se vao todos pa lisboa, as maternidades de lá irão ficar cheias e a qualidade dos cuidados vai diminuir ainda mais... tem a certeza que é o melhor para os vossos filhos??

voces so acham esta maternidade má porque o pessoal só sabe as histórias de lá... se forem falar com algum pessoal de lisboa, vao ouvir historias ainda pior que essas!
 

Offline André Martins

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2271
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
A Maternidade vai fechar???
« Responder #18 em: Maio 26, 2009, 06:51:06 »
Ah pois vão. Em Torres o único problema que tenho ouvido mais frequentemente é a antipatia das senhoras da maternidade... Algo que já há 26 anos acontecia, segundo o que a minha mãe diz.

A maternidade de Torres Vedras é um serviço do qual todos os torreenses devem empenhar-se pra que melhore. As história do diabo que se contam de lá não devem ser todas verdadeiras. Qualquer dia ainda inventam por aí que os fetos dos abortos espontâneos são fritos ou grelhados... Enfim. Pelo menos tem um sistema de alerta para o caso de rapto de um recém-nascido. E não são todas as maternidades que o têm. Quanto às histórias das cesarianas, sempre que tal se justifique, devem ser feitas... Mas hoje em dia fazem-se por tudo e por nada. Deve-se privilegiar o parto natural... Cesarianas devem ser feitas em caso de urgências!!! Já viram quanto é que custa ao Estado uma cesariana???
André Martins

Torres Vedras é uma terra privilegiada. Pena é os privilégios não serem para todos...

Offline DFerreira

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 413
  • Popularidade: +7/-2
    • Ver Perfil
Re:A Maternidade vai fechar???
« Responder #19 em: Setembro 11, 2009, 12:25:41 »
O problema da cesariana não tem a ver apenas com o custo para o Estado, mas também o trauma para a mãe e para o bebé. Afinal, uma cesariana é sempre uma intervenção cirurgica, à qual está associada todos os problemas de uma operação: cicatriz, hemorragias, infecções...

Há também outro lado da questão: a ligação emocional entre mãe e o bebé que nasceu por parto natural será maior: não quero dizer que as cesarianas provocam afastamento, mas o esforço aplicado ao parto natural aproxima mais a mãe do bebé (penso eu, psicologos que me contradigam)!

Já agora, vou ser pai pela 1ª vez, o meu bebé está previsto para Dezembro, e como me mudei na semana passada para Torres Vedras, ele vai nascer cá!!

Offline DFerreira

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 413
  • Popularidade: +7/-2
    • Ver Perfil
Re:A Maternidade vai fechar???
« Responder #20 em: Setembro 11, 2009, 12:45:26 »
A análise à questão da maternidade fechar, não pode ser feita apenas com base na vontade dos utentes, tem que se ver isto do ponto vista médico-operacional.

Eu não sei nºs, mas vou falar genericamente: uma maternidade na qual se realizam, por exemplo, 30 partos num ano (dá uma média de 2/3 partos por mês) não tem  a mesma eficiência que uma maternidade central (da capital de distrito, por exemplo, onde se realizam 1 ou 2 partos por dia!). Neste ultimo, as equipas estão melhor preparadas e geralmente melhor equipadas.

Tem que se analizar o factor crescimento populacional, área de abrangência, nº actual e previsto a médio / longo prazo de partos, distância à maternidade central mais próxima...

Cada vez melhor, consegue-se prever o momento do parto com antecedência suficiente para fazer mais alguns quilometros para a maternidade central em vez de arriscar um parto mal preparado e mal acompanhado na maternidade local.

Offline Zé do Boné

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 430
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
Re:A Maternidade vai fechar???
« Responder #21 em: Setembro 11, 2009, 19:05:01 »
A saúde no público não funciona para todos podermos ter o prazer de usufruir das clinicas privadas e a pagantes!
Agora o ridículo é que os médicos e muito do resto do pessoal são exactamente os mesmos, porque será ??
Calculo que no privado as condições de trabalho sejam bastante melhores e daí conseguirem prestar melhores serviços, mas por outro lado se conseguissem dar conta do recado no público... ninguém precisava de ir ao privado...
É só mais um grande lobbie a fazer valer a sua força !!
Tudo para os ricos, nada para o resto!

Pensemos em uma coisa...
Provavelmente bastava os deputados e todos os que recebem salários de dinheiros públicos serem obrigados a usufruir do Sistema Nacional de Saúde, para que as coisas melhorassem de um dia para o outro.
« Última modificação: Setembro 11, 2009, 19:09:40 por Zé do Boné »
A liberdade de cada um, começa onde acaba a do próximo.

Offline vigilante

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 569
  • Popularidade: +4/-1
    • Ver Perfil
Re: A Maternidade vai fechar???
« Responder #22 em: Abril 07, 2013, 05:10:43 »
Bem, agora podem sossegar as vozes que dizem tanto mal da maternidade do Hospital de Torres Vedras. Brevemente, julgo que a partir JÁ DE DIA 15 DE ABRIL DE 2013, a mesma vai encerrar as suas portas. Juntamente devem ir alguns serviços de pediatria.
É com bastante pena que escrevo estas linhas, pois nasci lá e os meus filhos tambem, tendo corrido tudo bem.
 

Offline DFerreira

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 413
  • Popularidade: +7/-2
    • Ver Perfil
Re: A Maternidade vai fechar???
« Responder #23 em: Agosto 28, 2014, 14:26:00 »
Pegando outra vez neste assunto, penso que esta é uma oportunidade de a CMTVedras se chegar à frente e defender o regresso da maternidade e urgência de ginecologia e obstetrícia, ao hospital de Torres Vedras:

"A Urgência de Ginecologia e Obstetrícia do Hospital das Caldas da Rainha está encerrada por falta de médicos, até ao dia 2 de setembro, confirmou à agência Lusa o Centro Hospitalar do Oeste."

http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=726104&utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+ddUltimas+%28As+%C3%BAltimas+not%C3%ADcias%2C+an%C3%A1lises+e+coment%C3%A1rios+|+Di%C3%A1rio+Digital%29"


Offline vigilante

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 569
  • Popularidade: +4/-1
    • Ver Perfil
Re: A Maternidade vai fechar???
« Responder #24 em: Setembro 26, 2014, 06:10:57 »
Sabe que agora é dificil.  A "moda" de ir ao privado pegou, e os numeros são o que são. As proprias funcionárias do Hospital de Torres Vedras vão a Lisboa ter os seus filhos, os politicos que mais defendem o SNS são os proprios a recorrer ao privado (veja-se por exemplo o Dr Mario Soares, que mora a centenas de metros do Hospital de Santa Maria, e vai para o privado).......
Assim estamos a "lutar contra a maré"...