Autor Tópico: Agostinhas  (Lida 1962 vezes)

Offline Esa

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 30
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
Agostinhas
« em: Fevereiro 03, 2014, 12:58:30 »
Bom dia,

como amante do ambiente utilizo com alguma frequência, as Agostinhas, por facilitar as deslocações dentro da cidade sem ter de me preocupar com estacionamento. Não tendo muito tempo livre para fazer desporto, o exercício que me proporciona a bicicleta ao permitir deslocar-me com facilidade faz-me considerar a Agostinha como um 2 em 1.
Agradeço a coragem da iniciativa e o esforço do investimento.

Contudo, e como qualquer equipamento precisa de manutenção, este equipamento mais do que outros, precisa de muita manutenção. Pois são precisas afinações, lubrificações (é de relembrar que estes equipamentos passam dia e noite à chuva, frio e ao calor), e muita substituições de peças. O investimento era arriscado essencialmente pelo o custo de exploração e principalemente de manutenção.

Passaram 6 meses da sua inauguração e talvez seja bom fazer um balanço para melhorar o seu funcionamento e aumentar a sua vida útil.

Lancei o passo para a discussão...




Esa

Offline DFerreira

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 413
  • Popularidade: +7/-2
    • Ver Perfil
Re: Agostinhas
« Responder #1 em: Fevereiro 03, 2014, 16:16:19 »
Seria interessante fazer esse balanço agora, na mesma altura que se procede à alteração do regulamento de estacionamento, para justificação das alterações a proposta.

mas deve ser abrangente, juntando uma análise da utilização de bicicletas pessoais desde a entrada em vigor das agostinhas.

Um dos aspectos que acho que funciona mal é o estacionamentos de bicicletas pessoais espalhados pela cidade: muitos estão mal localizados, há sitios que faria sentido ter estacionamento, e outros onde simplesmente não servem para nada: por exemplo, todas as manhãs, o estacionamento de bicicletas  da CMTV está bloqueado por um veiculo do Mercado Municipal, que estaciona encostado aos ferros, tornando o estacionamento inacessivel: o estacionamento em frente ao BES está sempre ocupado por motos, e há falta de estacionamentos em alguns sítios como: terminal rodoviário, estação de comboios, hospital, Finanças, Seg. Social, Centro Emprego, zona comercial da Varzea.

Seguido de um balanço completo de utilização de Agostinhas, complementado com análise de utilização de bicicletas pessoais, deve-se aproveitar a alteração do regulamento de estacionamento para implementar mudanças nas alternativas: um estacionamento de bicicletas no terminal rodoviário pode levar a que mais pessoas vão de bicicleta até ao terminal, em vez de levar o carro, minimizando as dificuldades de estacionamento nesta parte da cidade. Regras e sinalização dos estacionamentos.

No fundo, o que se vê é uma distribuição de estacionamento mal pensada, baseada em meia duzia de locais de impacto mediático, quiça como forma de propaganda.

Offline rivel

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 643
  • Popularidade: +6/-0
    • Ver Perfil
    • A Nêspera
Re: Agostinhas
« Responder #2 em: Fevereiro 04, 2014, 18:51:10 »
Meu caro DFerreira

Nunca vi bicicletas estacionadas nos locais que lhes foram destinados (motos e motorizadas, sim) e não é certamente por estarem mal localizados.

À semelhança da denominada "Ciclovia das Escolas", não servem rigorosamente para nada. Foi dinheiro atirado à rua.
Recordo que estão ainda previstas mais quatro ciclovias o que implicará mais pinturas e colocação de mais postos de estacionamento.

O problema, quanto a mim, não está na falta de infra-estruturas, mas na falta de quem as utilize.
" O carro andou à frente dos bois". Vê-se muito aqui em Torres.
Um abraço


__________________________________

Em tempo:
Junto umas fotos que já inseri noutro contexto, (com excepção da 6 e 7), para que se possa ter uma ideia da utilidade desses locais de estacionamento:

       

   

 

     

   

 

       


Que me desculpe o esilva de ter fugido ao tema.
Um abraço, agora, para si                   


« Última modificação: Fevereiro 05, 2014, 00:20:22 por rivel »
avelino leite araújo



"Um governo seria eterno se oferecesse ao povo, todos os dias, um fogo de artifício".
Jules Goncourt

Offline Esa

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 30
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
Re: Agostinhas
« Responder #3 em: Fevereiro 05, 2014, 09:11:05 »
Venho expor algumas situações vividas da utilização das Agostinhas:

1. No site das Agostinhas existe uma localização online das bicicletas muito útil (http://www.agostinhas-tvedras.pt/estado/EstadoactualBis.asp) para saber se estão disponíveis ou se há lugar para depositar. No entanto, a informação relativa às bicicletas eléctricas é insuficiente pois pode estar presente mas indisponível por estar sem carga.

2. As bicicletas eléctricas são de facto as que tem maior desgaste e avarias. Da meia dúzia disponibilizada talvez uma ou duas se encontre em condições. Porque é que estão em circulação bicicletas eléctricas que não funcionam por motivos variados.

3. Nos pontos de levantamento das bicicletas é possível expor um problema relativo a uma bicicleta escolhendo situações pré-definidas. Não existem qualquer situação específica das bicicletas eléctricas!

4. Depois de entregar uma bicicleta, só se pode levantar outra bicicleta passado 15 minutos. Quando se levanta uma bicicleta e que de seguida se constata que está avariada temos de esperar...

5. O facto das bicicletas passarem o inverno à chuva não me augura nada de bom quanto à sua sobrevivência. A ferrugem começou a atacar todos os parafusos, correntes, partes eléctricas...

6. A localização das bike stations pode ser alvo de muita discussão. Talvez seja interessante analisar as movimentações das bicicletas ao longo dos dias para tomar decisões como instalar novas bike stations, retirar bicicletas de um ponto para outro,... Já reparei postos cheios sem um único lugar como também vários completamente vazios de bicicletas...

É este tipo de comentários construtivos de ajuda à análise do investimento e à tomada de decisão que me incentivou a escrever. Apesar de fugir ao tema as suas fotos elucidem sobre o uso ou não dado às bike park.

Boas pedaladas...
Esa

Offline DFerreira

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 413
  • Popularidade: +7/-2
    • Ver Perfil
Re: Agostinhas
« Responder #4 em: Fevereiro 05, 2014, 10:34:42 »
rivel, se não tivesse visto a situação da 1ª foto, contado ninguém acredita!!! Incrivel...

Mas como diz o esilva: A localização das bike stations pode ser alvo de muita discussão. E deve!

Melhor sinalização das bike stations, melhor localização, aproveitar os fiscais de estacionamento para educação dos ciclistas (a sério, eu sei, já lhes estou a multitarefas!)

Offline DFerreira

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 413
  • Popularidade: +7/-2
    • Ver Perfil
Re: Agostinhas
« Responder #5 em: Março 06, 2014, 13:49:09 »
Outra questão das agostinhas tem a ver com o equipamento colocado, sórecentemente me chamou à atenção
Cada ponto de agostinhas tem o estacionamento, o ponto de leitura de cartão, e um poste de alimentação por painel solar... e uma camâra de vigilância.

Coloco aqui dúvidas em relação à câmara de vigilância:

- para que serve, em que âmbito é usado?
- quem controla este sistema e quem tem acesso à informação captada pela câmara?
- fazia parte do projecto do sistema inicial? Está autorizado pela Comissão Protecção de Dados?

Espero ver estas questões respondidas

Offline vigilante

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 569
  • Popularidade: +4/-1
    • Ver Perfil
Re: Agostinhas
« Responder #6 em: Março 10, 2014, 13:18:53 »
A questão das câmaras está muito bem levantada. Será que são legais? Quem tem acesso? São pessoas devidamente autorizadas?