Autor Tópico: Festas da aldeia do Ramalhal  (Lida 1519 vezes)

Offline zip100

  • Mensagens: 8
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
Festas da aldeia do Ramalhal
« em: Agosto 05, 2003, 23:38:42 »
Aproxima-se a data em que se realiza a festa da aldeia (início de Setembro) e a verificar-se o que tem acontecido nos últimos anos, irei mais uma vez ter o privilégio de assistir à queda das canas dos foguetes de fogo de artifício no jardim da minha casa, o que faz com que nem eu nem qualquer dos restantes elementos do meu agregado familiar possamos usufruir de um bem que é nosso. Mas se aqui é apenas(?) esse o inconveniente, já o mesmo não se verifica em relação aos terrenos que confinam com a minha casa, onde é grande o risco de incêndio dado num deles proliferar um matagal, consequência do abandono a que está votado, e no outro existir uma plantação de grandes proporções de erva seca para os animais, alguma foi recentemente cortada e enfardada, mas subsiste uma área de mato que pode transformar-se em combustível sobretudo se atendermos a que é para lá que são dirigidos os foguetes. Atendendo aos recentes acontecimentos que devastaram zonas importantes do nosso país, contribuíram para o empobrecimento de quem, por causa deles, perdeu os seus bens, e às consequências futuras em termos climatéricos e de poluição, parece-me ser natural a minha preocupação.
Assim, solicito aos v/ serviços que me informem, se tal for possível, e no caso de vir a ser licenciada a utilização de efeitos pirotécnicos nestas festividades (já ouvi do Sr. Presidente da República e do Sr. Secretário de Estado da Administração Interna opiniões contrárias à utilização destes artefactos), quais os meios de segurança impostos e, mais importante ainda, sobre quem impende a responsabilidade civil e/ou criminal em caso de sinistro provocado por eles e se existem garantias prévias do seu cumprimento, uma vez que, por parte da comissão de festas existe a preocupação expressa por escrito em todos os programas e folhetos distribuídos pela população, da não assumpção de responsabilidades por quaisquer incidente ocorrido durante a festa.
Sem outro assunto de momento, subscrevo-me agradecendo a atenção que puderem dispensar aos factos expostos.


 

Offline gonzo

  • Mensagens: 308
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
Festas da aldeia do Ramalhal
« Responder #1 em: Agosto 06, 2003, 00:45:13 »
Caro zip100,

Segundo tive a oportunidade de ler hoje, foi realmente imposto a dita restrição de utilização de efeitos pirotécnicos (vulgo foguetes) ao longo do resto do verão, de modo a evitar-se mais catástrofes.

Dito isto, não meteria a minha mão no fogo (passe a expressão) pela fiscalização de eventuais prevaricadores.

Todos somos testemunhas deste alerta e da catástrofe que se abateu sobre as matas e gentes de Portugal.

Será que este aviso irá ajudar??

Boa sorte,

Gonzo
Gonzo
-----------------------

Offline Carlos Miguel

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 779
  • Popularidade: +1/-4
    • Ver Perfil
    • http://www.cm-tvedras.pt
Festas da aldeia do Ramalhal
« Responder #2 em: Agosto 08, 2003, 01:18:02 »
Determinou o Ministério da Administração Interna a proibição do uso de "Foguetes" e, muito embora, tal determinação não ter força de lei, a Câmara Municipal vai respeitar e não licenciará qualquer pedido para lançar os ditos.
O anúncio em folhetos da nãi responsabilidade por danos é como a chuva miudinha, "engana tolos". É óbvio que, nos termos do Código Civil, quem é responsável por um dano terá de reparar ou indemnizar o mesmo.
Cumprimentos,
Carlos Miguel