Autor Tópico: O que fazer com o castelo?  (Lida 2140 vezes)

Offline Viking

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 299
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
O que fazer com o castelo?
« em: Março 22, 2005, 19:28:41 »
Vivas,
Lanço este tópico para que possamos discutir, sugerindo que actividades se poderiam fazer no Castelo e zona circundante.
Penso que existe intenção de melhorar o centro histórico.

Mas que tipo de eventos lá se podiam fazer, tendo em conta o patrimonio e a segurança das pessoas?

Eu vou sugerir que lá se faça um dia destes uma peça histórica para crianças e jovens.

Uma peça de teatro onde se podia apresentar uma história em que envolveria um mouro e um templário como personagens principais.
Aliás isto já foi tentado, noutro local com enorme sucesso.

O templário falaria da história de Portugal tal como a conhecemos, em que os mouros foram expulsos, eram os maus da fita, etc.
O mouro por sua vez contaria a sua versão da história. Que afinal ele até ficou por cá, e já habitava esta terra à muito tempo.
Estes contornos são apenas uma sugestão.
 
Penso que Torres Vedras tem vivido de costas viradas para este seu ex-libris. Não se deu a importância devida a este monumento palco de decisões na nossa história. É altura de ele tomar o seu papel na cidade, pois aparece em todo o lado, até o logo da CMTV lhe faz referência. É esse mesmo o problema só está no papel...é altura de lhe darmos vida!
 
Outra sugestão de modo a promover este espaço nos roteiros turisticos seria desenvolver um plano para visitas guiadas ao castelo. Deve haver lendas e histórias relacionadas com o castelo cujo levantamento seria muito importante para uso futuro nessas visitas.

No plano desportivo para quando um evento de orientação envolvendo o castelo, a zona histórica, o forte de são vicente, o fortim da forca...etc

Só queria lançar este desafio, porque à dias atrás dei comigo a admirar a imponencia da sua parte este. Como é lindo e unico este castelo. Que inumeras actividades se podiam lá fazer, envolvendo a história da cidade, a sua cultura.
 
Os monumentos não valem só pela sua imponência, mas também pela sua história, por aquilo que nos contam acerca deles. Valem pelas emoções que produzem (a entrada no castelo é exemplo disso), pela capacidade que têm de nos transportar para os tempos indos. Reparem que o circuito de acesso ao castelo transporta-nos gradualmente para a epoca mediaval, com as suas ruas estreitas, algumas escadarias, e ruelas muito estreitas.

É talvez descabido colocar aqui outro ex-libris como a fonte, o aqueduto, mas não podia deixar de os referir visto que hoje é dia mundial da agua.

Deve-se antes de tudo trabalhar e aproveitar o que se possui. Na minha perpectiva Torres Vedras (cidade) possui potencial turistico. Quantas cidades existem que tendo menos sabem explorar melhor os seus potenciais turisticos?

Uma nota de rodapé...
 
(tenham em conta a erosão dos solos que circundam o monumento, coloquem vegetação rasteira)

Abraços


 

Offline Viking

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 299
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
O que fazer com o castelo?
« Responder #1 em: Maio 04, 2005, 20:04:22 »
Cá estou eu de novo.
E ainda nem ninguém comentou ou sugeriu mais nada acerca do Castelo.
è impressionante como varios visitantes, alguns nem conhecem o castelo em Torres Vedras.

Para quando uma iluminação condigna de modo a que à noite seja apelativo a sua visita?

Mexam-se carago!
 

Offline Rodolfo Xavier

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 439
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
    • http://www.aep129.com
O que fazer com o castelo?
« Responder #2 em: Maio 05, 2005, 01:36:44 »
bom pelo menos mudem a bandeira de portugal que está no castelo pois esta está rasgada e não prende na parte inferior junto ao mastro

Offline Carlos Miguel

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 779
  • Popularidade: +1/-4
    • Ver Perfil
    • http://www.cm-tvedras.pt
O que fazer com o castelo?
« Responder #3 em: Maio 12, 2005, 22:51:33 »
Uma proposta de intervenção para o Castelo está em apreciação da Comissão de Acompanhamento Local da Revisão do Plano de Salvaguarda do Castelo, há cerca de um ano.
A concretização desta ou de outra proposta, irá criar condições para recebermos as pessoas, o que de momento não existe.
Logo que possamos dotar o Castelo de condições mínimas, a sua animação regular será uma realidade.

Cumprimentos

Carlos Miguel
 

Offline elzorro

  • Mensagens: 62
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
O que fazer com o castelo?
« Responder #4 em: Junho 17, 2005, 08:04:59 »
Carissimissimos,

O que o castelo mais precisa é de animação, aliás o povo agradece, quanto mais animado melhor, tristezas não pagam dividas, diz o mesmo.

Parece que o povão de Torres Vedras agora não pensa noutra coisa, animação, carago!
Qualquer dia um gajo entra numa WC pública e está lá um palhaço para nos sacudir a gaita e a sorrir feito parvo!
Não tem mais nada para fazer na vida ? Fuda-se.

Mas cuidado, com tanta animação, a casa pode vir abaixo.
MAs se vier abaixo, era da argamassa.
Não faz mal, faz-se um castelo novo, igual ao antigo, claro!.
Até as pedras tremem de contentamento.

Animem-se! Porra. Façam mas é um Castelo de plástico na expotorres.
 

Offline Admin

  • Administrator
  • Full Member
  • *****
  • Mensagens: 227
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
    • www.slingshot.pt
  • Facebook: facebook.com/ulisses.dias.96
O que fazer com o castelo?
« Responder #5 em: Junho 17, 2005, 18:44:42 »
Caro Elzorro,

atenção às asneiras propositadas. Não volto a avisar.
Discuta as suas ideias e respeite os tópicos.

Offline J. Moedas Duarte

  • Jr. Member
  • **
  • Mensagens: 66
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
O que fazer com o castelo?
« Responder #6 em: Setembro 09, 2006, 08:00:47 »
Já vi um esboço do projecto para o Castelo de que fala o nosso Presidente, Carlos Miguel, e que é da autoria dos Arqtºs Lema Barros e Cristina Castelo Branco.
A Associação para a Defesa e Divulgação do nosso Património analisou-o e emitiu um parecer de 10 páginas, em Outubro de 2004.
No final, e em resumo, concluia que «a proposta de intervenção reflecte inequivocamente uma vontade de valorizar o Castelo de Torres Vedras e o Centro Histórico, alterando uma inércia de anos, numa atitude que tem de merecer o nosso apoio, o nosso entusiasmo, o nosso comprometimento.»
Não deixava de alertar:
«Obviamente que o nosso posicionamento perante intervenções em matéria de sítios históricos e arqueológicos é, por definição, defensivo, opondo-se naturalmente a interpretações mais audazes e vistosas.»

Pena é que estas coisas demorem tanto tempo a avançar, a que não é estranho o facto de haver muito por fazer na área da valorização do património monumental.
Lembro, a título de exemplo: o Castro do Zambujal, a necessitar de tratamento adequado; as Linhas de Torres e os 200 anos da sua construção em 2010; o Chafariz dos Canos, monumento único no país,   tão mal tratado e a necessitar de restauro urgente.

E o "Castelo" ?(o que se vê é, de facto, as ruínas do Palácio do Alcaide)
Bom, pelo menos que se mantenha limpo e sejam feitas algumas intervenções no sentido de o tornar mais "legível" por quem o visita - e são muitas pessoas, como se comprova pela estatística que o funcionário que lá está me mostrou.
Há que pôr sinalização e painéis de informação em Português, Francês e Inglês. Hhá que pensar no coberto vegetal, substituindo com cuidado os pinheiros que escondem as ruínas por outras espécies arbustivas que preservem da erosão. E há que, regularmente, criar campos arquelógicos com jovens sob orientação de arqueólogos, para ir estudando o subsolo em toda a zona histórica. Não deveria nunca fazer-se qualquer obra no Centro Histórico sem uma prévia sondagem arqueológica.

A História é a memória de um povo. Sem memória não há identidade com o espaço e o tempo, nem continuidade de gerações.
Mas, se estes argumentos não chegam, então pense-se que a História é um produto que se vende bem. Turismo sem cultura já não existe.
 

Offline Carlos Miguel

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 779
  • Popularidade: +1/-4
    • Ver Perfil
    • http://www.cm-tvedras.pt
O que fazer com o castelo?
« Responder #7 em: Setembro 19, 2006, 19:43:17 »
Esclareço que o estudo em referência foi submetido à apreciação da CM no mandato anterior, por forma a que fosse encomendado projecto e esta deliberou indeferir a proposta remetendo para a comissão local de acompanhamaneto da revisão do Plano de salvaguarda do Centro Histórico (PSCH)a apreciação da proposta. Esta comissão nunca se pronunciou sobre o assunto.Porém, como estamos em tempo de apreciação da proposta de revisão do PSCH, julgo estarmos em condições de submeter ao executivo acções de requalificação, nomeadamente, no largo Morais Sarmento e no " quarteirão da Josefa", ficando para outra fase os obras no interior das muralhas, isto sem esquecer que tanto o IPPAR como a DG edificios e Monumentos NAcionias, têm tutela sobre olocal. Cumprimentos