Autor Tópico: Assaltos às ourivesarias - Insegurança  (Lida 14561 vezes)

Offline Pedro Oliveira

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1797
  • Popularidade: +2/-0
    • Ver Perfil
    • http://www.pedromoliveira.pt.vu/
Re:Assaltos às ourivesarias - Insegurança
« Responder #30 em: Fevereiro 21, 2010, 13:22:28 »
Djoliveira, concordo contigo! É exactamente um dos pontos que falas que deve ser alterado. Os presos têm que ser postos a trabalhar! Sim, eles não podem continuar a estar ali como se estivessem num hotel! É por haver também aí uma falha que as coisas estão como estão! Concordo que o tratamento que dizes é de extremo, mas é o que tem que começar a acontecer, senão isto descamba para o pior.

Afinal estamos numa era em que o mundo está todo tão perto de nós, mas continuamos a não querer seguir as boas ideias dos outros países.
Pedro Oliveira

(Clique na imagem)

Offline Branquinho

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 10
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
Re:Assaltos às ourivesarias - Insegurança
« Responder #31 em: Fevereiro 21, 2010, 13:41:08 »
Boa tarde.
Pela importância do assunto e respeito que todos merecem venho esclarecer o seguinte;
Quando disse que cada cidadão deve olhar e pensar que a segurança não é uma coisa exclusivamente da polícia. Tenho que acrescentar, mas também é e com muita responsabilidade! Queria com aquela frase aconselhar as pessoas a reforçarem os seus comportamentos em termos de segurança, colocando os seus objectos mais valiosos em sitios mais seguros, reforçarem e melhorarem os seus sistemas de segurança, os proprietáris de estabelecimentos comercias, principalmente os de artigos mais valiosos, a fixarem-se em pontos mais vigiados, os resdponsáveis e empregados dos estabelecimentos a terem uma formação adequada sobre comportamento e segurança, a todos os cidadãos em geral a estarem atentos a qualquer indicio da prática de algum acto ilicito, etc, etc.
Acerca do convite, cuja responsta me transcende, venho apenas esclarecer que poderá ser formalizado por alguma entidade, associação ou organização à hierarquia policial a quem cabe decidir, sim, porque eu estou subordinado a um Código Deontológico das Forças de Segurança a um Estatuto Policial e a um Regulamento Disciplinar.
Cumprimentos!

Offline jvbr

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 2
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
Re:Assaltos às ourivesarias - Insegurança
« Responder #32 em: Fevereiro 21, 2010, 14:21:42 »
Bem, fui obrigado a não somente ler estes tópicos, mas também contribuir. Quando existe este comentário de comparação de outros Países e incluindo o Brasil como um pais  de insegurança, percebemos que a situação aqui em Portugal esta como esta por falta disto, abrir os horizontes e ver realmente o que se pode absorver de bom nestas situações e não somente ficar a colocar como exemplo, para provar, esclareço e pergunto qual e o melhor pais para se treinar ações tatícas de auto-defesa e sistemas de intrusão, Israel , e nem por isso so comentamos que e um pais de atentados e horrível, muitas forças policiais quando não enviam seu contingente de OPERAÇÕES ESPÉCIAS ou um membro para receber treinamento e ser multiplicador, chama uma pessoa no seu pais para treina-los. Agora de cadeira cativa, posso afirmar, por ter trabalhado no Brasil 23 anos na área de segurança privada, especificamente na área bancaria, não somente Portugal mas a Europa esta a engatinhar em questão da segurança, quando abriram suas fronteiras não imaginaram que alem de ser um unico pais (União Europeia num todo), também ficariam vulneraveis a outras situações, sou a favor de por um lado se fechar as fronteiras, mas como? Somente interligar aos aeroportos um sistema de convênio com os países de maior visitação onde on- line se verifica a idoniedade de cada pessoa que queira ingressar no Pais, e fácil, tem ficha corrida(passagem por delitos na policia do pais) muito obrigado sua entrada esta proibida, pessoas de bem nunca irão temer entrar num pais mesmo que seja para ficar indocumentado e tentar a sorte em um contrato de trabalho e auxiliar o Pais com impostos.
A dois anos participei de um programa "Antena aberta" e comentei a uma alta patente da GNR que a possibilidade de ocorrer vários e novos tipos de ataques criminosos estava obvio e claro em Portugal, foi respondido que a situação estava controlada......após dois anos vejo que a situação esta controlada, pena que as pessoas não ouvem quem no campo, na rua, na experiência pode contribuir com ideias para dissuadir tais atos e até previnir para futuros ataques, porque não se acomodem em acabar com estes ataques a ourivesarias,,,,,o crime esta sempre um passo adiante, precisamos aprender a estar senão antes ou junto deles, sem sermos crimonosos....Se tenho um plano para evitar não somente em Torres Vedras a criminalidade, sim, mas também em varias cidades......

Offline Pedro Oliveira

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1797
  • Popularidade: +2/-0
    • Ver Perfil
    • http://www.pedromoliveira.pt.vu/
Re:Assaltos às ourivesarias - Insegurança
« Responder #33 em: Fevereiro 21, 2010, 14:31:04 »
Obrigado pela intervenção e pelos conselhos, Chefe Caiado.

Assim, deixo o tal convite/pedido de uma possivel acção de sensibilização direccionado para o Sr. Presidente da Câmara, aguardando ansiosamente a sua resposta.

Quanto à intervenção do jvbr, concordo plenamente com o fecho das fronteiras.
Pedro Oliveira

(Clique na imagem)

Offline Pedro Oliveira

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1797
  • Popularidade: +2/-0
    • Ver Perfil
    • http://www.pedromoliveira.pt.vu/
« Última modificação: Fevereiro 22, 2010, 02:09:09 por Pedro Oliveira »
Pedro Oliveira

(Clique na imagem)

Offline Zé do Boné

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 430
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
Re:Assaltos às ourivesarias - Insegurança
« Responder #35 em: Fevereiro 22, 2010, 09:04:00 »
Tenho a dizer que concordo na plenitude com o texto inicial desta "conversa", a policia em Torres só serve para importunar os cidadãos cumpridores ou os pequenos imcumpridores que não conheçam ninguém na esquadra.
Certo é que para encontrar um policia em Torres em serviço terá que se ir até algum parquimetro ou mesmo até á esquadra.
É muito mais fácil multar um carro cujo tempo expirou no parquimetro do que um em 2a fila, pois no segundo caso o proprietário ainda pode estar por perto e vir tirar "satisfações" com o agente.
Aqui é que a "porca torçe o rabo", pois a meu ver os agentes só se defendem de situações potencialmente perigosas para eles pois as leis como estão beneficiam quase quase sempre os infractores, e assim sendo eles (por mais que custe a alguns) também têm de pensar que têm familias em casa que dependem e necessitam deles.
Na generalidade o maior problema está na legislação... Os agentes da PSP e GNR apenas fazem o que mais lhes convém, o que neste caso é evitar problemas directos para eles, como tal juntam o útil ao agradável e vão assim passando o tempo até á reforma....
A liberdade de cada um, começa onde acaba a do próximo.

Offline Zé do Boné

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 430
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
Re:Assaltos às ourivesarias - Insegurança
« Responder #36 em: Fevereiro 22, 2010, 09:13:10 »
Quanto á questão das fronteiras não deviam ser fechadas, mas sim haver um controle real de entradas.
Qualquer emigrante ao entrar em Portugal teria de deixar de caução o dinheiro suficiente para um bilhete de regresso ao seu país de origem, caso não tivesse não entrava.
Depois quando houvesse algum problema com um emigrante era só pegar na guita e recambiá-lo para de onde tivesse vindo.
Sim porque fora os assaltos também temos de ver que existe emigração de pedintes... aliás profissionais da pedinchice que enchem as nossas ruas, sinceramente... (costuma andar uma "romena" em Torres com uma criança ao colo a pedir que ao fim do dia compra o bilhete para o Expresso Lisboa e assim volta pra casa após mais um dia de trabalho").
Quem vem por bem é bem vindo, quem vem por mal tem de ser re-enviado lá para de onde veio, pois não é com um aviso para deixar o país em 30 dias que se resolve alguma coisa... era logo na hora!
Ou melhor era na hora caso andasse á "boa vida" ou a pedir, nos outros casos cumpria a pena e depois... avião com ele!
A liberdade de cada um, começa onde acaba a do próximo.

Offline Kat

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 195
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
Re:Assaltos às ourivesarias - Insegurança
« Responder #37 em: Fevereiro 22, 2010, 14:20:21 »
Na maior parte dos países quando um estrangeiro comete um crime é acompanhado ao aeroporto, metem-no num avião e mandam-no de volta para a terra dele.
Essa ideia da caução é interessante. Quem viaja para o México, por exemplo, tem de preencher, ainda no avião, um impresso para a imigração atestando o objectivo da viagem (férias / negócios), duração da estadia, a morada do alojamento onde se vai ficar.
O passaporte agora é electrónico mas chegamos aos outros países e ainda fazem a verificação manual... Não sei pq é q gastei 60€ p usar o passaporte electrónico praticamente só nos aeroportos portugueses.
Não achava nada mal se colocassem postos de verificação electrónica nas fronteiras, era só passar o passaporte ou cartão do cidadão p verem se a pessoa era procurada por algum crime.
 

Offline netinho

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 114
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
Re:Assaltos às ourivesarias - Insegurança
« Responder #38 em: Fevereiro 22, 2010, 14:59:39 »
Boa tarde.
Pela importância do assunto e respeito que todos merecem venho esclarecer o seguinte;
Quando disse que cada cidadão deve olhar e pensar que a segurança não é uma coisa exclusivamente da polícia. (....)

Estas palavras levantaram-me uma duvida: sendo proprietário de um estabelecimento comercial, numa situação de assalto o que devo fazer? pegar no taco de basebol e correr com o ladrão à paulada ou levantar os braços e deixa-lo levar tudo o que quiser e que me custa a ganhar e ainda rezar para não me acontecer o que aconteceu aos donos da ourivesaria Miranda??? É que se segurança não é exclusivamente da policia, já não sei o que posso fazer...
É lógico que a policia não pode estar em todo o lado a cada instante, mas se houvesse uma politica de patrulhamento mais apertada, isso iria afugentar e talvez evitar alguns crimes.
Aqui onde estou, passa 1 (UM) carro da policia por dia, e quase sempre à mesma hora.. Se eu fosse criminoso, já sabia que essa é uma hora "proibida" mas que tinha o resto do dia livre...

Em relação aos imigrantes, li há pouco tempo uma proposta que o governo italiano quer implantar, uma espécie de "nacionalidade por pontos" , isto é, o imigrante tem uma licença temporária de estadia no país e durante esse tempo tem que juntar uma determinado numero de "pontos", para obter esses pontos tem que cumprir um certo numero de requisitos, como por exemplo, aprender a ler e escrever a língua do país onde está, ter contrato de trabalho (legitimo) residência fixa, etc,etc..E porque não começar a exigir um registo criminal emitido do seu país de origem? Assim ja se saberia que tipo de pessoa está a entrar no nosso país, sem esse documento não era aceite.
Dream as if you live forever, live as if you'll die today

Offline DFerreira

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 413
  • Popularidade: +7/-2
    • Ver Perfil
Re:Assaltos às ourivesarias - Insegurança
« Responder #39 em: Fevereiro 23, 2010, 13:14:57 »
Aproveito a 1ª resposta do Chefe Caiado, para deixar a minha opinião.

"Em que ficamos, na polícia tb há gordos, magros, velhos, novos, pessoal q vai ao ginásio. N gostas por serem feios ou simplesmente porque são polícias?"
Tal como a maioria das pessoas, nada tenho contra a policia, pelo contrário. Mas a policia que se vê está mal preparada, fisica e técnicamente. E muita dessa preparação pode ser feita individualmente! Um estudo recente mostra que a policia é excelente no que toca a questões de transito (Torres Vedras à parte?!), mas falha na generalidade das outras situações: assaltos, apoio à vitima de violência, violência doméstica... é a tipica resposta que já por várias vezes me deram aqui em Torres: "pois, pode fazer queixa, mas não vai servir de nada."


"Pensei q estavas preocupado com a integridade fisica e o direito à propriedade dos bens, afinal a grande preocupação prende-se com a actuação da PSP"
A actuação da PSP não inclui "preocupação com integridade fisica e o direito à propriedade dos bens"?! Afinal, PSP significa Policia de Segurança ao Parquimetro, como é dito várias vezes aqui neste forum?! Se a população fala assim, isto quer dizer alguma coisa: é o que nós vemos!!!


"Até podes deixar cópias de multas nos vidros dos carros, na montra do estabelecimento, tirar fotografias aos tinónins todos e aos bonecos na rua ou a jantar fardados, sim porque tb comem, e enviar tudo isso para o pessoal, ou será que os polícias não devem parar ou entrar em estabelecimentos públicos, como sabem eles o que se passa na sua cidade, a informação é apanhada do céu???"
Aqui há duas questões: as necessidades individuais dos agentes e oficiais, e o trabalho de proximidade.
É claro que os elementos da PSP tem que ter tempo para as suas proprias necessidades, não é aqui que está o problema. O problema é que só se vê isso!! É o desleixo evidente da PSP por esta cidade, uma postura visivel de "deixa andar, não me quero preocupar, vim só tomar um café". O chefe Caiado não o pode negar, sabe tão bem quanto eu sobre estas situações. O proprio presidente da Câmara já o referiu.
A segunda questão tem a ver com o trabalho de proximidade! Está a ser feito de forma eficiente?! As "informações", que não são apanhadas do céu, estão a ser devidamente analisadas e valorizadas?! Ou está a justificar a presença de agentes em cafés e restaurantes com "trabalho de proximidade e recolha de informações"?!


"Por acaso tens um plano de segurança do teu estabelecimento? Se tens vais divulga-lo para dar o ouro ao bandido? Se não tens, como a maioria dos nossos logistas não tem, devias ter, porque a PSP tem!"
Concordo, o plano de segurança não deve ser publico, e cada lojista deve ter um! Mas há interligação entre os planos?! Falo de coordenar planos de segurança de lojistas com o plano da PSP: quando é a melhor altura de levar o dinheiro de caixa ao banco, como identificar potenciais assaltantes, onde está o agente mais proximo, quando é a ronda?
A PSP tem um plano de segurança, é implementado?! Se é implementado, é eficiente?! É regularmente revisto?! É suficientemente flexivel para adaptar-se a diferentes casos?



_____________
Daniel Ferreira

Offline DFerreira

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 413
  • Popularidade: +7/-2
    • Ver Perfil
Re:Assaltos às ourivesarias - Insegurança
« Responder #40 em: Fevereiro 23, 2010, 13:37:16 »
Vivi cerca de 1/2 ano no Montijo, que é uma cidade em tudo semelhante a Torres Vedras em dimensão, área, e tipo de ambiente urbano, desse tempo vi o seguinte:

Durante as festas da cidade, a PSP do Montijo abriu um posto movel / expositor, e contou com a presença da Comandante da esquadra nas horas de maior afluência, com o objectivo de se dar a conhecer à população. Pretendo com isto dizer que no pouco tempo que estive no Montijo, conheci a comandante e a generalidade dos agentes da cidade!
Moro em Torres Vedras a mais de 1/2 ano, não conheço um unico agente! Não os vejo, não sei onde andam, e muita gente em Torres sente o mesmo.
Tenho que me dirigir à esquadra para os conhecer?!

Morava num predio habitado por muitos idosos, e todos os dias, um agente era destacado para Policiamento de Proximidade no predio: visitava os mais idosos e solitários para acompanhar e informar no que fosse preciso.
Existe policiamento de proximidade em Torres Vedras?! O policiamento resume-se aos cafés e restaurantes?!

Regularmente havia rusgas no bairro social da BelaVista, à procura de armas e droga, efectuadas com grande sucesso (e alarido). Nunca sei de rusgas em Torres Vedras, a não ser as operações stop à entrada da cidade (geralmente no Pára Pára).

São estas e outras situações, basta fazer um apanhado neste forum, que cria uma sensação de insegurança continua na cidade

_____________
Daniel Ferreira
« Última modificação: Fevereiro 23, 2010, 16:50:05 por DFerreira »

Offline DFerreira

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 413
  • Popularidade: +7/-2
    • Ver Perfil
Re:Assaltos às ourivesarias - Insegurança
« Responder #41 em: Fevereiro 23, 2010, 15:00:16 »
Não vou entrar nos extremismos de dizer que o problema é dos estrangeiros, pq isso é esconder a realidade! A maior parte dos crimes na cidade são por tugas locais!!! Toda a gente os conhece, são sempre os mesmos!

Também não vou deixar de reconhecer os problemas que afectam a Policia de Segurança Publica: férias em atraso, pagamento de farda, pagamento de reparações, falta de reconhecimento...
Mas estes são problemas que afectam a PSP em geral, seja no Montijo, em Torres Vedras, ou em Lisboa.

Falo de presença policial!!!
Trabalharem em conjunto com os lojistas na prevenção e planos de segurança e não chutarem a batata quente para eles "a culpa é dos lojiistas que não se protegem", trabalharem junto dos cidadãos avisando das zonas perigosas e das atitudes a tomar, mostrarem-se para que toda a gente saiba quem são e onde estão, não se tornarem exclusivos dos grandes proprietários.

Os cidadãos precisam de sentir a presença da PSP, os criminosos também!

_____________
Daniel Ferreira
« Última modificação: Fevereiro 23, 2010, 16:50:48 por DFerreira »

Offline André Martins

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2271
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
Re:Assaltos às ourivesarias - Insegurança
« Responder #42 em: Fevereiro 23, 2010, 21:29:42 »
Eu começo a achar que Torres Vedras precisa de uma Policia Municipal, que se preocupe com as questões do trânsito, quase exclusivamente. Esta policia municipal libertaria agentes da PSP para as patrulhas que são pouco frequentes,para as rusgas que não se fazem, para fazerem o tal policiamento de proximidade, para controlar as entradas e saidas da cidade (a criminalidade é praticada por elementos que vivem fora de Torres, na maioria dos casos), etc!!! Quanto às questões levantadas pelo chefe Caiado, eucompreendo o ponto de vista dele, mas gostaria de fazer um reparo: como as coisas andam, os cidadãos para se precaverem da criminalidade, não poderiam sair de casa, onde também já não se sentem seguros, e os comerciantes não poderiam abrir as lojas, com medo de serem assaltados.

Como remata o  DFerreira o seu último post "Os cidadãos precisam de sentir a presença da PSP, os criminosos também!".

Subscrevo.
André Martins

Torres Vedras é uma terra privilegiada. Pena é os privilégios não serem para todos...

Offline rogeriopaulo

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1158
  • Popularidade: +3/-0
    • Ver Perfil
Re:Assaltos às ourivesarias - Insegurança
« Responder #43 em: Fevereiro 23, 2010, 22:43:34 »
Eu penso que faz falta essencialmente como já disseram alguns foristas " presença policial ".
Eu pelo menos vejo algum patrulhamento da parte da PSP , mas é de carro , e seria desejável mais patrulhamento a pé , mesmo dentro da cidade , mostrem-se , marquem presença , façam-se notar .
Não " estacionem " muito tempo no mesmo sitio , circulem mais pelas ruas , procurem alterar as vossas " voltas " .
Penso que é isto que as pessoas pedem .

Cumprimentos

Rogério

O melhor amigo , não é aquele que nos faz rir com mentiras , mas sim , aquele que nos faz chorar com verdades .

Offline djoliveira

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 320
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
Re:Assaltos às ourivesarias - Insegurança
« Responder #44 em: Fevereiro 23, 2010, 23:26:20 »
Bem dito caro DFerreira....é verdade , a policia aqui na cidade é muito passiva, apática e só multa e "" aleija"" quem trabalha e não mete ticket... Caro Zédoboné, isso das fronteiras era o ideal com vários controles como foram exemplicados por vários foristas...
Pois, é tudo muito bonito a falar aqui e no papel(teoria) e politica de proximidade e os comerciantes precaverem-se e tal e blá blá bla, mas vão lá dizer isso ao sr. Miranda, que ficou com a cara toda esmurrada e por pouco não acontecia algo pior... ´Só pergunto? Como é que alguem por mais planos e hábitos de segurança e alarmes e não sei quê mais, quando vê dois marmelos de martelo ou de arma faz?...Fecha a porta a correr ou vai buscar o taco de basebol( como diz o forista Netinho) num instantinho ou diz ao ladrão" oh sr. ladrão, espere aí um bocadinho que eu vou-me precaver" ou "chamar a policia" e ligar o alarme....!!!!

Desculpem-me a iroria e a franqueza, mas há coisas que me fazem confusão e não aceito nem concordo....