Autor Tópico: Discoteca Faraó  (Lida 5295 vezes)

Offline Alexandre

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1083
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
Discoteca Faraó
« em: Agosto 24, 2009, 10:55:42 »
Boas, fui este sábado á discoteca Faraó e para mim estava um pouco em baixo, achei que o ambiente faltava algo tipo interessante, a música o normal, boa mas só uma pista não ajuda. Esperei que a segunda pista abrisse afim de ouvir outro tipo de musica mas nem as portas abriram.
Já não me recordo com certeza mas desta vez as palmeiras que existiam lá dentro davam forma a uma discoteca e agora sem elas, parece despida por dentro. Só o piso debaixo é que estava a funcionar, o de cima estava escuro. Recordo em tempos que vinham pessoas de vários lados para ir ao Faraó que era uma discoteca que enchia o parque de estacionamento e punham várias dezenas de carros encostadas á estrada, tal é a quantidade de pessoas que ali ia.
Hoje em dia o que eu achei positivo foi haver uma "guest list" e com isso é possível obter uma bebida que é oferecida pela discoteca mas penso que tem de haver mais coisas a fazer.
Boa sorte

cumps.


 

Offline marioc

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 745
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
    • Dali beach
Re:Discoteca Faraó
« Responder #1 em: Agosto 24, 2009, 12:13:11 »
Sabem que vasar uma casa é fácil, um ou dois fds e já está, para a recuperar demora muito tempo e necessita de saber, paciência, sorte qb e investimento. Acho que os "rapazes" estão a fazer um bom trabalho, calmo, com um esforço enorme de divulgação e a passo certo. Agora falta aquele click, esperemos que seja para breve, eles e Santa Cruz merecem!

Mário Campos

Offline Alexandre

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1083
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
Re:Discoteca Faraó
« Responder #2 em: Agosto 25, 2009, 07:28:11 »
Não digo que não caro Marioc mas recordo sempre as noites do faraó em 2000/2001/2002 que na minha opinião foram os melhores anos do local.
No entanto como referi desejo boa sorte
cumps.
 

Offline Gerardo

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 38
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
    • http://www.dgribeiro.blogspot.com
Re:Discoteca Faraó
« Responder #3 em: Agosto 27, 2009, 09:15:58 »
Acho que têm os dois razão...
Concordo com o marioc quando diz que eles estão a fazer um bom trabalho, eles estão a esforçar-se bastante, por trazer cá alguns dos melhores dj's portugueses, como é o caso de Pete tha Zouk, que dia 5 de setembro vai ao faraó.
este fim-de-semana acho que funciona de 5ª a Sábado, por parceria com a festa da JS.

E obviamente é sempre complicado pegar em algo que estava morto, ainda por cima sendo um pouco distante do "centro".
Tenho também algumas dúvidas como será o período pós-verão e o típico "regresso a torres"

Mas o Alexandre tem toda a razão, apesar do elevado n.º de "cromos" que lá ia, do cheiro a suor na pista latina e de alguma rigidez por parte dos seguranças da altura, as noites dessa época não têm comparação, eram espectaculares.
As duas pistas enchiam completamente, o piso superior a sala entre as duas pistas...
Hoje, se a pista principal encher apenas o piso de baixo já não é mau...

Mas, espero sinceramente que se consigam reerguer o Faraó, que me parece que está a ser conseguido.
 

Offline Turcifalense

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 237
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
Re:Discoteca Faraó
« Responder #4 em: Agosto 27, 2009, 16:09:21 »
há muito que não vou ao Faraó. mas os anos aqui falados foram sem duvida de grande frequencia por minha parte, todos os sábados lá estava com um grupo de 10 amigos(as).
já na altura os "cromos"  com se diz por ai, enchiam muitas vezes o espaço espantando alguma clientela. É evidente que todos tem o direito há diversão e a ocupar o espaço que outros ocupam.
não sabia era que agora aquilo estava com algumas dificuldades ainda mais no pico do verão.
« Última modificação: Agosto 27, 2009, 16:35:06 por Turcifalense »
Uma das primeiras virtudes sociais é tolerar aos outros aquilo que devemos proibir a nós mesmos.

Offline Alexandre

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1083
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
Re:Discoteca Faraó
« Responder #5 em: Setembro 02, 2009, 14:54:08 »
Eu certamente não vou dizer quem deve entrar ou quem deve ficar á porta mas hoje em dia em que se fala tanto de imagem existe um sem números de pessoas em que o gosto de se vestir fica um pouco aquém do normal ou comum. Certamente ir de chinelos para um discoteca é algo que eu não concordo a não que seja uma festa em que isso se justifique. Os bonés na cabeça é outra coisa que eu não acho correcto. Bem poderia dizer mais alguns exemplos mas certamente uma pessoa gosta de estar num local em que se sinta bem, com um bom ambiente, boa música, enfim, onde uma pessoa se sinta bem.
Com isto não quero dizer que o staf do faraó está errado e eu certo, nada disso, apenas estou a mostrar a minha opinião.
Recordo que em 2000/2001 o faraó tinha tudo ou quase, pelo menos para mim, boa música, 2 pistas sempre com um bom ambiente, claro que havia problemas mas penso que é normal que haja. E eu era mais novo, eh eh eh .
cumps.
 

Offline Gerardo

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 38
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
    • http://www.dgribeiro.blogspot.com
Re:Discoteca Faraó
« Responder #6 em: Setembro 03, 2009, 09:21:44 »
Boas, venho de certa forma explicar o que disse...
Aquilo que para mim é um "cromo" para outra pessoa pode não ser!
Para os outros se calhar sou eu o cromo...
Mas para mim, o "cromo" da noite é, por exemplo, aquele que dança de forma robótica, muitas vezes usando as colunas como palco...
Existem outras características, mas isso não interessa muito...
Isto na minha concepção de "cromo", que atenção, tem o seu quê de, mas não é de todo depreciativa, pois até ajuda a animar um bocado a noite... ;D

Em relação à forma das pessoas se apresentarem, acho que, convém não esquecer que neste caso, falamos de uma discoteca perto da praia, e aí admito que aceitem, agora numa discoteca num centro "urbano" não conrcordo muito...
Mas lá está, cada casa deve escolher a sua clientela, e é com essas atitudes que o faz ou não...

Em relação ao chapéu à noite, pronto lá está outra que talvez entrasse na minha categoria de "cromo", tal como os óculos escuros, a que já assisti...

Em relação ao Faraó, este fim-de-semana, Pete Tha Zouk, eu vou... ;)
 

Offline marioc

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 745
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
    • Dali beach
Re:Discoteca Faraó
« Responder #7 em: Setembro 03, 2009, 13:27:06 »
Cada vez se torna mais dificil esse tipo de classificações. Antigamente ténis eram proíbidos; actualmente muitos ténis são mais caros que sapatos e fazem parte de toilets tão diferentes que vão desde desportivo a fato e gravata. Os chapéus, outro problema, porque cada vez mais se escplhem toilets em que os chapeus são parte integrante; apresentar-se numa discoteca, ou mesmo num bar com calças rotas. Nos dias de hoje ficavam todos na rua.

Tudo muda e os estilos também. Imaginem as calças que se "usam" (eu não uso, até porque com a minha deficiência estava mais vezes no chão do que em pé) pelos joelhos com as cuecas à mostra?

E depois temos a questão dos critérios. Se eu agarrar em duas pessoas e lhes der indicações de que o que quero à porta, no sentido de selecção por roupa, aspecto, estado alcoolico, companhias, etc., posse-lhes garabtir que cada um deles fará uma seçlecção diferente, com as mesmas directrizes.

E deixem-me dizer mais uma coisa que julgo já ter acontecido a todos nós. Quantas vezes olhamos para uma pessoa e pelo seu aspecto, feições, modo de vestir, etc., ficamos com uma primeira má impressão. Depois se o tempo e por qualquer razão nos aproximamos dessa pessoa e começarmos a conviver, aconteçe muitas vezes que a passamos a ver com outros olhos. (não sei se me fiz explicar)

Não estou aqui a avaliar o qeu têm dito. Estou a tentar explicar que o processo de selecção leva tempo. Até porque não posso proibir ninguem d entrar. E e muitissimo complexo, passando desde a escolha da pessoa que o faz, que só ao fim de varias semanas é que poderemos perceber e tentar corrigir ou, mudar de pessoa o que faz reeiniciar o processo outra vez.


Pete este ds, será uma boa , de certo para Santa Cruz. Estarei cá para apoiar o regresso do Faraó. Penso anda que tudo o que é dito é valioso. Porque quando não ouvimos criticas é porque nem lá vão.

Vpou fazer chegar este link a um dos sócios para ver o que ele tem a dizer. (e se calhar dar uns convites à malta ahahah)

 
« Última modificação: Setembro 03, 2009, 13:30:47 por marioc »

Offline DJGonçaloPassos

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 9
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
Re:Discoteca Faraó
« Responder #8 em: Setembro 03, 2009, 18:18:59 »
Boas caros amigos e clientes.

O apelo de Mario C foi ouvido e é com prazer que escrevo neste fórum na qualidade de um dos sócios da empresa Statusfera, Lda que é quem gere a Discoteca Faraó.

Espero que entendam o que vou escrever como uma explicação e não como um role de queixas e lamentos, até por não somos de nos lamentar somos mais de levar com as balas no peito e aguentar.

Agradeço a quem por aqui deixou a sua opinião positiva e agradeço mais a quem deixou uma opinião negativa, são essas que nos ajudam a crescer e a melhorar, as outras são óptimas para a moral.

Sincera e honestamente, avalio como "Muito Bom" o trabalho que temos desenvolvido. Para quem não sabe, o espaço da Discoteca Faraó era um espaço abandonado, morto(apesar de já existir um plano para o revitalizar antes da nossa entrada em cena) e mal-afamado. Tinha imensas paredes degradadas, instalação eléctrica deteriorada, som preso por arames e uma decoração que é melhor nem falar nisso... A culpa disto, claro está, não era nossa, nem vossa, nem do senhorio (que foi sempre alguém tão generoso e prestável que nem parecia um senhorio, estamos imensamente gratos). Neste caso a culpa morre solteira, ou talvez não...

Para conseguir levar um projecto desta dimensão era essencial obras e investimento, muito investimento. Mas também controlo financeiro e uma gestão de custos bastante apertada. Foi isso que faltou a muitas das gerências que por lá passaram e os resultados verificámos depois... Esses anos que referem, de facto, foram bastante agradáveis para os clientes (apesar de eu nunca lá ter ido...), mas o certo é que resultaram numa panóplia de acontecimentos menos agradáveis para quem viesse depois. A tudo isto tivémos de, sozinhos, dar a volta para levantar das cinzas aquela que já foi uma das maiores discotecas do país.
Somos 3 sócios, cada um com actividades paralelas que exigem bastante de nós e durante 3 semanas nenhum de nós dormiu mais que duas horas por dia, quando dormiamos. Gerindo o nosso tempo entre trabalho no emprego e trabalho no Faraó. Entre pinturas, remodelações, marketing, publicitação, agendamentos, recrutamentos... A dedicação e esforço foram gigantes e o que abdicámos também. Mas valeu bem a pena. Conseguimos o que quase ninguém acreditou que conseguiríamos e hoje a Discoteca Faraó funciona bem e aconselha-se. Senão, vejam os HI5 e Facebook ou então posso mostrar-vos os e-mail que recebemos e sms... Mas o melhor está nesta reportagem da parte do Portugal Night, aqui fica o link:  http://www.portugalnight.com/singleReports.do?id=1877
Destaco as seguintes palavras: "Desta feita, voltar à Faraó foi um prazer. Sem vícios, ou vaidades, deixou-nos muita vontade de regressar.", são palavras da maior revista e site do país, acerca de divertimento nocturno, que de forma alguma são influenciadas por nós.

A nossa ideia foi criar um espaço onde todos possam divertir-se e passar um bom serão. E hoje as pessoas vão ao nosso espaço por que se sentem bem indo. Não descriminamos ténis, chinelos, gravatas, camisas havaianas, rastas... Porque não nos achamos no direito de o fazer e, além do mais, a vida já nos ensinou a todos que nem sempre no melhor embrulho vem a melhor prenda. Se dermo uma hipótese às pessoas, elas vão-nos supreender. Pessoalmente, o que mais gosto é de estar rodeado dos meus amigos, sejam eles radicais, tunnings, rastafari, punks, betos, "cromos"... E penso que todos sejamos assim, é isso que tentamos transmitir na nossa casa. O Faraó tem uma Zona VIP que é todo o espaço, porque todos são VIP's no espaço da Discoteca Faraó.

Antes que me esqueça, no passado dia 22 a Pista Rádio (ou Pista 2) não abriu por problemas técnicos que não conseguimos debelar... As nossas maiores desculpas.

A zona superior não abre, por uma questão de gestão de espaço e staff. Quando gerimos uma máquina como a Discoteca Faraó temos de ser ambiciosos e humildes. Ambiciosos para querer sempre mais e melhor e humildes para conseguirmos perceber onde estamos e mantermos os pés na terra. O piso superior significa mais 2 seguranças, 2 barman e 1 sala. Por vezes a afluência não justifica e, por uma questão de equlibrio financeiro, optamos por não abrir. Certo também é que, desta forma, as pessoas não estão tão dispersas pela nossa casa e tudo é mais agradável... :)

Mas o que já conseguimos nós?
Conseguimos um espaço agradável e com um muito bom ambiente em que todos os que nos visitam se sentem bem recebidos e rápidamente integrados. Conseguimos inovar, com um calendário de DJ's que não são escolhidos "à martelada", Ex: Carlos Manaça, primeira vez na zona Oeste com os méritos que lhe são conhecidos; Party Ben, DJ de Mash up pela primeira vez em Portugal; Sérgio Delgado e Frank Maurel, ambos pela primeira vez na Zona Oeste; Miguel Horta, residente da Discoteca Plateau que só abandona essa mitica casa em raras excepções; Um DJ residente (Mello Rich) que é dos melhores que passou na nossa zona nos últimos tempos, respeitando todos os outros, e que toca em casas como Kaxaça e RSDreams como convidado e cabeça de cartaz... Um staff simpático, acessivel, trabalhador e unido. Estabilidade a nível de gestão financeira que, como todos sabem, está na base dos bons projectos. Uma segunda pista que é um verdadeiro ambiente de festa, onde podem encontrar todos a sorrir e bem dispostos...

Estava à porta, na sexta, e ouvi o seguinte comentário: "Se vai estar assim tão cheio, para a semana não volto!" Numa altura em que tinhamos aberto todas as áreas da casa...
Podem perceber neste comentário a dificuldade de gerir uma casa como o Faraó, nunca agradamos a todos... Se estivesse vazia essa mesma pessoa diria que não voltava porque estava vazia... Todos sabemos que moramos em Torres Vedras e nesta terra, como em todas as outras, há ainda muita gente que só está bem a dizer e a desejar o mal aos outros. Mas com comentários destes podemos nós bem, certo?
Esta semana recebemos o Pete Tha Zouk, mas mais importantes, esperamos nós, recebemos todos vocês!

Temos já muitas horas de trabalho, mas sempre que olho para as fotos resultantes das noites na nossa disco sinto-me preenchido e realizado, aliás, sentimo-nos.

Quanto aos convites para Pete tha Zouk... Está dificil porque não fizemos. Só através de um dos nossos RP's os podem obter.

Alguma dúvida ou algo que precisem e possamos ajudar, contactem-nos.

Muito obrigado pela oportunidade.
Um abreijinho!

Offline DJGonçaloPassos

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 9
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
Re:Discoteca Faraó
« Responder #9 em: Setembro 03, 2009, 18:19:54 »
Desculpem o testamento! :) :) ;D

Abraço!

Offline Alexandre

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1083
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
Re:Discoteca Faraó
« Responder #10 em: Setembro 04, 2009, 07:54:44 »
Caro forista DjGonçaloPassos
fui eu que iniciei este tópico de maneira a demonstrar a minha opinião e como deve compreender cada um tem uma.
Acredito que tenham tido problemas mas como pode também imaginar para o cliente isso não é importante, o que é preciso é que sejam simpaticos (e são bastante) que a música seja boa (e era), que se sintam bem e que fiquem com vontade de voltar. A novidade de haver uma "guest list" penso que é excelente (eu pertenco através do Alexandre Cardana). No entanto é normal haver comparações e eu e desculpem se o faço, eu penso nas noites que passei no faraó muitas noites em 2000/2001/2002, noites em que a discoteca esrtava a abarrotar. Penso que a segunda psita é ensencial para que haja alternativa, tenho pena que tenha havido problemas de ordem técnica e devido a isso não tenham podido abrir.
Não querendo dizer que devem fazer assim ou assado, os responsáveis pelo espaço saberão o que é o melhor para a discoteca no entanto aqui expresso a minha opinião.
Sou dos que gostava de ver as palmeiras lá dentro, sou dos que gostava do estilo de musica na altura (2000/2201/2002) da segunda pista em que o Dj da altura conseguia manter a pista cheia praticamente até ao fim da noite.
Bem, depois de escrever também um testamento, espero voltar ao faraó assim que for possível e desejo boa sorte aos sócios neste caso ao novo forista DJGonçaloPassos.
cumps.
 

Offline DJGonçaloPassos

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 9
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
Re:Discoteca Faraó
« Responder #11 em: Setembro 04, 2009, 11:37:22 »
Bom dia Alexandre! E aos restantes!...

Deixou-me baralhado com a palavra: "forista"... LOL! Não alcancei imediatamente de que se tratava, devo admitir.
Tenho perfeita noção que os clientes pouco ou nada têm a ver com as dificuldades que se passaram, apenas achei que seria importante expô-las para demonstrar que o trabalho que está a ser feito é encarado com a maior seriedade e profissionalismo para que tudo corra pelo melhor e tenhamos oportunidade de continuar a divertirmo-nos todos juntos.
Quanto à segunda pista, mantivémos as palmeiras. De facto dá uma ambiência muito boa. Mas acrescentámos um retrato fantástico na parede em frente do DJ e de resto limpámos um pouco a imagem desse espaço. O problema de termos muitas decorações é que se tornam cansativas..
Quanto à música que por lá passa... Mea Culpa, uma vez que sou eu o DJ. Mas devo acrescentar que não é por ser de estilo diferente (agora mais virada para os rock's antigos, anos 80, disco e algumas coisas dos anos 90) que as pessoas menos tempo por lá ficam. Temos recebido muitos e bons elogios relativos a essa mudança. A questão neste aspecto é que, hoje em dia, o "Caribe" e o "House" estão muito aproximados e com enormes parecências e corriamos risco de, por vezes, ter a mesma música a tocar ao mesmo tempo em ambas as pistas. Lembro-me muito bem de ter reparado nisso no Faraó de antigamente...
Como DJ, trabalho para a minha pista e garanto-lhe que tenho na pasta uns caribes e umas coisas mais latinas que usarei assim que vir que a coisa vai pegar, talvez esta semana...

Apareça na minha cabine para bebermos um shot e conversarmos um pouco, entre músicas claro!

Mega abraço!

Offline DJGonçaloPassos

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 9
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
Re:Discoteca Faraó
« Responder #12 em: Setembro 04, 2009, 11:41:05 »
Aproveito para anunciar que dia 19 temos: Massive Drum. Para quem não sabe, é o DJ responsável pela remistura da música "Raboduro" que agora passa em todas as pistas por esse país fora.

Offline marioc

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 745
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
    • Dali beach
Re:Discoteca Faraó
« Responder #13 em: Setembro 04, 2009, 14:59:15 »
Eu conheço é o "mole"!!!! :) Parabéns e continuem. Da parte do Dali e já agora do Horagá já sabem que têm todo o nosso apoio.

Abraço petetaduzados

Offline André Martins

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2271
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
Re:Discoteca Faraó
« Responder #14 em: Setembro 06, 2009, 13:34:19 »
Eu como adoro a música dos anos 80, e cada vez mais há muita gente a gostar, concordo com a pista anos 80. Se assim o podemos chamar. Já não vou ao Faraó há já alguns anos, porque entretanto todos sabemos como a disco começou a ficar, e eu não parecio muito o ambiente que a levou a fechar. Agora estou curioso para ir lá. Sugestão: porque não uma festa anos 80? Caro Gonçalo Passos, onde tenho visto, tem sido um sucesso. Mas é apenas uma sugestão, e como na pista 2 já vão passando essas músicas, não sei até que ponto faz sentido uma festa desse tipo, mas de qualquer forma, aqui fica a sugestão.
André Martins

Torres Vedras é uma terra privilegiada. Pena é os privilégios não serem para todos...