Autor Tópico: Canil Municipal !!!  (Lida 6541 vezes)

Offline Patrícia Reis

  • Mensagens: 2
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
Canil Municipal !!!
« em: Novembro 11, 2003, 04:22:52 »
É de lamentar que as pessoas só se lembrem dos cães quando estas notícias chegam ao publíco.Se é vergonhoso que em pleno século XXI aconteçam estes casos é mais vergonhoso ainda as pessoas tratarem os animais como objectos. Por isso antes de condenar temos que por a mão na consciência, se assinamos um baixo assinado para não matar os animais e alguns em pleno sofrimento, quando os abondonam ou mesmo se for preciso encontram-nos na rua cheios de fome e doentes, viram a cara para o lado.
Somos todos culpados por esta situação.[:(]
 Se os Exªmos senhores da Cãmara Municipal não têm dinheiro para dar condições minímas ao canil ou até mesmo construir um maior, também não tem para dar concertos grátis do João Pedro Pais no auditório municipal.

  É PENA QUE O DINHEIRO SÓ EXISTE PARA ALGUMAS COISAS !!!


 

Offline mcm

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 189
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
Canil Municipal !!!
« Responder #1 em: Novembro 12, 2003, 07:11:32 »
Ex.ma Dona Madame. Pela sua frazeSomos todos culpados por esta situação , peço descupa mas não me pode incluir na sua culpa.
Pelo cancro, HIV, mialgia, tuberculose,Alzhaimer, mucovicidose,Creutzfeld-Jackob, poluição ambiental etc, etc, posso-me sentir culpado de não ter feito tudo o que os meus conhecimentos me dão para amenuizar o sofrimento dos humanos. Pelos seus cães não me sinto culpado. Não tenho animais: por escolha, e porque não tenho tempo para me coçar quanto mais me ocupar de um animal que necessita que se lhe dê tempo, afecto, bons tratos, etc., etc. Espero que não vão passar o resto do ano a preencher as páginas deste forum somente com o canil de torres vedras. É infeliz o que se passa, lamento imenso mas nao me sinto em nada responsavel e muito menos culpado. Se a Senhora se sente culpada tenho pena mas não posso adoptar um cão para diminuir o excesso do canil e tão pouco para colaborar com todos os cobardes que querem ter animais por ser chic para depois os abandonarem, como é o caso em diversos países norte Europa, onde a eutanásia dos animais vádios ( e não selvagens como alguém na outra pagina o diz) é uma imposição da OMS pelos problemas de saúde publica que estes podem incutir ás populações. Lamento também ao que me parace haver un veterinário que aparentemente só existe para os momentos de corta fitas e outros momentos de comes e bebes, porque até hoje ainda não li neste espaço uma qualquer explicação da sua parte (veterinário)sobre o abate destes animais. Contudo seria bom que contivesse-mos as nossas emoções para que em conjunto encontrasse-mos a solução ideal para este e outros que afectam a população.
Muito atentamente, ficando grato pela gentileza de não me incluir nos seus culpados.
mcm
« Última modificação: Novembro 12, 2003, 17:23:42 por mcm »
"A ambição pela qual não temos competência é um crime"  " ChateauBriand"
MCM@

Offline andre

  • Mensagens: 2
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
Canil Municipal !!!
« Responder #2 em: Novembro 12, 2003, 09:28:15 »

Matar os caes do canil e uma atitude cobarde de fugir ao problema.
Ha q tomar as medidas para q o canil nao se encontre a abarrotar.
Matar os animais e uma medida retrograda de abuso de poder sobre os proprios animais.

A soluçao esta em:
1 - educar as pessoas para que nao vejam um animal como um objecto de usar i deitar fora.
2 - leis que proibam a comercializaçao de animais (tal como existem leis que proibem a comercializaçao de pessoas) para desincentivar a criaçao
3 - esterilizaçao de animais vadios

Quando e q a Camara de Torres Vedras permitira q a sociedade evolua?


 

Offline Carlos Miguel

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 779
  • Popularidade: +1/-4
    • Ver Perfil
    • http://www.cm-tvedras.pt
Canil Municipal !!!
« Responder #3 em: Novembro 13, 2003, 18:57:37 »
Não faço a apologia do abate de canídeos, mas não ignoro que as medidas preventivas são insuficientes.
Se assim não fosse, não existia lei que aborda e responde a este problema:
D.L. 317/85 de 22/08:

- artº. 13º -
- nº1 - as Câmaras Municipais promoverão a captura de cães vadios ou errantes encontrados na via pública ou em quaisquer lugares públicos, fazendo-os recolher no canil municipal...
- nº3 - consideram-se vadios ou errantes os cães que... deixem de ser reclamados pelos seus donos no prazo de 3 dias.

- artº. 14º -
- os cães capturados nos termos do artigo anterior serão alimentados durante os períodos referidos, decorridos os quais serão abatidos ou alienados, se a sua entrega não for solicitada naqueles prazos.

Esta legislação é aplicável e aplicada por todas as Câmaras Municipais do país, sem excepção.
A sua existência revela que houve necessidade de legislar sobre a matéria.
Sei que temos de publicitar os mecanismos de adopção, fazer campanhas e sensibilizar, mas tudo isso só minora o problema.
Julgo que ninguém terá dúvidas que se o canil estiver superlotado como está, qualquer dia teremos uma doença generalizada e depois não se destingue entre velhos e novos.
De todos os participantes no Fórum, só um revelou que tinha adoptado um cão. É significativo.

Cumprimentos

Carlos Miguel
 

Offline APA

  • Mensagens: 9
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
Canil Municipal !!!
« Responder #4 em: Novembro 16, 2003, 07:56:12 »
Ficámos estupefactos e incrédulos com o que acabámos de ler.
Ao que conseguimos apurar e tanto quanto sabemos é do domínio público, V. Exa. Dr. Carlos Miguel, antes de enveredar por uma carreira autárquica e ser Vice-Presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, era um ilustre causídico da nossa praça.

Nessa conformidade, muito nos espanta que V. Exa. demonstre desconheer de forma grosseira e profunda a Lei que nos rege, nomeadamente aquela que se refere à matéria em apreço, do pretendido abate indiscriminado dos cães do Canil Municipal para reduzir o seu efectivo, por razões de espaço e de dotação orçamental.

COM EFEITO, SR. DR. CARLOS MIGUEL, O NORMATIVO LEGAL QUE V. EXA. REFERE NO SEU ARTIGO DE OPINIÃO - O DECRETO-LEI N.º 317/85, DE 22 DE AGOSTO, - FOI EXPRESSAMENTE REVOGADO PELO N.º 1 DO ARTIGO 9.º DO DECRETO-LEI N.º 91/2001, DE 23 DE MARÇO.

EXPRESSAMENTE, DR. CARLOS MIGUEL.

diz-nos o dicionário de língua portuguesa que, revogar é anular; desfazer; tirar o efeito a.

O MÍNIMO QUE SE PEDE A UM REPRESENTANTE DO POVO,ELEITO DEMOCRATICAMENTE, É QUE ABORDE TODOS TEMAS COM CONHECIMENTO DE CAUSA E COM A MÁXIMA BOA FÉ.

QUANDO NÃO SABE, RECORRA AOS TÉCNICOS. PARA ISSO É QUE ELES EXISTEM.

MANTENHA-SE ATENTO DR. CARLOS MIGUEL!

SÃO ATITUDES COMO ESTA QUE DESCREDIBILIZAM A CLASSE POLÍTICA E CONTRIBUEM DEFINITIVAMENTE PARA O AFASTAMENTO QUE ACTUALMENTE SE VERIFICA ENTRE OS ELEITOS E OS ELEITORES, COMO TODOS NÓS.

MUITO
OBRIGADO!
 

Offline Carlos Miguel

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 779
  • Popularidade: +1/-4
    • Ver Perfil
    • http://www.cm-tvedras.pt
Canil Municipal !!!
« Responder #5 em: Novembro 18, 2003, 04:38:12 »
Têm razão.
No Domingo, ao arrumar a secretária constatei o lapso e pelo mesmo peço desculpa.
A pressa nunca é boa conselheira e este foi o caso.
Porém, a previsão normativa não se alterou muito:

Portaria 1427/01 de 15/12 aplicada por força do D.L. 91/01 de 23/03

artº 17 nº1 -" compete às C.M., actuando dentro das suas atribuições nos domínios da defesa da saúde pública e do meio ambiente, proceder à captura dos cães vadios ou errantes...".

artº 18 nº1 -"... devendo os animais permanecer no canil ou gatil municipal durante um período mínimo de oito dias".
        nº6 -"... poderão as C.M. dispor livremente dos animais, tendo em conta a salvaguarda de quaisquer riscos sanitários para as pessoas ou outros animais, podendo ser decidida a sua occisão pelo médico veterinário municipal..."

Cada um que tire as suas ilações, mas parece-me que as diferenças são mais de forma do que conteúdo.
Aproveitando a presença da APA no Fórum, parece-me que seria do interesse de todos saber quantas adopções de cães foram possíveis no ano de 2002, bem como em 2003 até surgir este problema, fim de Outubro e qual o nº no corrente mês de Novembro/03.

Cumprimentos

Carlos Miguel
 

Offline mcm

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 189
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
Canil Municipal !!!
« Responder #6 em: Novembro 19, 2003, 06:28:44 »
Ex.mo Sr. vice-Presidente Dr. Carlos Miguel.
Os Chineses também têm problemas com os canideos.
http://www.dna.fr/dna/jour/internat/rdmonde/9128_0.html, como deve compreender a lingua de Moliere, pode ver o incrivel artigo e a proposta do governo Chinês para tal problema.

Para quem não quiser navegar, aqui vai o artigo publicado a 18 - 11 - 2003 nas páginas do diário francês " Dernieres Nouvelles d'Alsace".Como vou de viagem não tenho tempo para traduzir, se houver alguém que o queira fazer ou então o farei quando regressar dentro de alguns dias.
Réservé aux pékinois
• • •Plus de labradors, de bergers allemands, de colleys à Pékin depuis le 15 octobre ! Sont interdites dans le périmètre de la capitale 41 espèces de chiens dont la taille dépasse 35 cm de hauteur. En outre il est interdit de posséder plus d'un chien par famille.  La capitale chinoise craint la surpopulation canine ! Pour limiter le nombre de chiens de compagnie, elle a par le passé essayé de mettre en place une taxe équivalent à plusieurs mois de salaires. Mais beaucoup de propriétaires omettaient de faire la déclaration... Pour ne pas nuire à la vaccination contre la rage, les droits d'enregistrement du chien, au moment de son acquisition, ont été réduits. Ils varient actuellement de 120 à 600 € (auxquels s'ajoutent une taxe annuelle de près de 60 €).  Voir le chien comme un ami de l'homme, concept occidental, est nouveau dans l'esprit des Chinois, plus habitués à les considérer comme des outils : les chiens gardent la maison, les chats débarassent des souris. Et finissent parfois en nourriture.  Mais comme il y a quatorze millions d'humains dans la capitale chinoise, le nombre de chiens de compagnie a beaucoup augmenté depuis cinq ans. Cela suscite déjà une polémique. « Les gens n'ont pas assez d'espace. Comment pourrait-il y en avoir pour les chiens ? », s'interroge une habitante.  Les propriétaires de grands chiens n'ont désormais guère d'autre solution que de chercher un ami vivant en dehors de Pékin et prêt à adopter leur animal. Ce qui ne va pas sans douleur.

Até seria mais facil transitar nas ruas de torres sem ter que andar a olhar para o chão.
Cumprimentos  mcm
« Última modificação: Novembro 19, 2003, 06:33:24 por mcm »
"A ambição pela qual não temos competência é um crime"  " ChateauBriand"
MCM@

Offline APA

  • Mensagens: 9
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
Canil Municipal !!!
« Responder #7 em: Novembro 19, 2003, 09:02:41 »
Exmo. Senhor Dr. Carlos Miguel,

Registámos com agrado a sua resposta.
Quanto às questões que levanta, elas serão muito oportunamente divulgadas por esta Associação.


Obrigado.
 

Offline Sérgio Ribeiro Jacinto

  • Mensagens: 101
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
Canil Municipal !!!
« Responder #8 em: Dezembro 11, 2003, 09:05:23 »
Há muitos séculos atrás, quando os Romanos se preparavam para ocupar a Península Ibérica, o Imperador de então enviou uma expedição à designada Lusitânia, hoje Portugal.

Depois de realizado o trabalho expedicionário desta missão, chegados a Roma, algures no respectivo relatório apresentado ao Imperador, podia-se ler a seguinte frase:
"Estranho povo o Lusitano, que nem se governam, nem se deixam governar."

Parece-me, que ainda hoje, não deve haver frase tão actual como esta.

No que ao problema do abandono dos animais diz respeito, ele é efectivamente uma questão de pura e elementar boa educação.

Ainda assim e como já alguém aqui disse, há pessoas que só conhecem o regime sancionatório, pois não conseguem aprender de outra forma.

Por isso e nessa conformidade, a elas, aplique-se esse regime, pois Lei existe, falta é aplicá-la e fiscalizá-la.

Obrigado.

Sérgio Ribeiro Jacinto.  

« Última modificação: Dezembro 11, 2003, 09:10:01 por Sérgio Ribeiro Jacinto »
 

Offline Dog Lover

  • Mensagens: 6
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
Canil Municipal !!!
« Responder #9 em: Dezembro 17, 2003, 18:11:06 »
Quanto às questões que levanta, elas serão muito oportunamente divulgadas por esta Associação.


Não podem, ou não devem, no vosso caso e como Associação com protocolo existente com a edilidade, utilizar a palavra "oportunamente", na resposta à pessoa em causa. Deveriam, pelo contrário, absterem-se de dar a resposta de imediato se não estavam preparados para o fazer. Esse tipo de resposta coloca dúvidas.
Será que está a APA assim tão organizada para não saber a quantidade de animais doados, recolhidos, (quantos por freguesia), eutanasiados, quantos machos? e fêmeas? quantos animais doados foram esterilizados? por quem? quantas esterilizações feitas pelo médico veterinário municipal? Quantas campanhas de esterilizações foram feitas pela Câmara Municipal em 2002? e em 2003?  etc etc.... por favor.... organizem-se para bem dos animais e da sociedade.
 

Offline Sérgio Ribeiro Jacinto

  • Mensagens: 101
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
Canil Municipal !!!
« Responder #10 em: Dezembro 29, 2003, 09:18:52 »
Embora o tópico não trate especificamente deste assunto, parece-me ser aquele que mais se enquadra para a questão que pretendo suscitar:

Temo-nos habituado, desde há alguns anos a esta parte, a presenciar nesta cidade, uma exposição canina de índole nacional, patrocinada pelo clube português de canicultura.

Este ano está a findar e, a menos que tenha andado distraído, não dei conta de que aquela exposição se tivesse realizado.

Afinal, se estiver correcto na observação que aqui faço, porque razão não se realizou em Torres Vedras, durante o corrente ano, este aludido evento canino?

Será que a ordem para matar os cães os afastou de cá?

Obrigado.

Sérgio Ribeiro Jacinto.
 

Offline APA

  • Mensagens: 9
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
Canil Municipal !!!
« Responder #11 em: Dezembro 29, 2003, 09:41:15 »
V. Exa., além de impertinente, parece também bastante distraído.

Esta associação, não tem por objecto, nem por prioridade, andar a "passear" neste forum, pois tem coisas bem mais importantes e prementes para fazer.

Apesar disso, logo a 24 de Novembro, muito antes destas suas questões, aqui colocou uma nota de imprensa onde se respondem à esmagadora maioria das que ora coloca e que estão sob a alçada desta associação.

Quanto às outras e conforme resulta da lei, nomeadamente no que se refere aos dados estatísticos concretos e oficiais, deverá dirigir essas mesma questões às entidades competentes e não a nós, que somos uma mera associação de voluntários.

Porque revela não a ter lido e ainda porque ela está bastante actual face aos recentes desenvolvimentos desta questão, aqui se dá novamente por reproduzida na íntegra.

Apenas uma actualização quanto ao número de adopções que, nesta data, já totalizam as 161.

Cumprimentos.

Nota de Imprensa!



A Ordem para Matar continua.



Apesar de toda a indignação motivada pela Ordem de Serviço da Câmara Municipal de Torres Vedras, assinada pelo próprio Senhor Presidente da Câmara, onde se determina, numa linguagem pouco clara, a “Redução” de duzentos canídeos, a uma cadência de quarenta por semana, a ordem para matar ainda não foi revogada.
Ainda está portanto em vigor.
Apesar de sempre negarem as evidências e de nunca nos terem conseguido explicar o que pretendiam com a referida “Redução”, está agora muito claro que ela foi empregue de forma eufemística, porquanto o que se pretende é tão só matar, abater, executar, exterminar…
Tudo por razões de alegada falta de espaço e de disponibilidade orçamental, que, conforme se pôde verificar através da larga cobertura noticiosa dada pela esmagadora maioria da comunicação social escrita e não escrita, não corresponde minimamente à verdade.
Querem agora “vestir a pele do cordeiro”, “mandar-nos areia para os olhos”, enfim, enganar a opinião pública.

Estamos convictos que se os pobres animais votassem, reclamassem e/ou se pudessem manifestar, tudo se passaria de forma bem diferente.
Importa não deixar cair o problema no esquecimento, porque, se tal acontecer, tudo vai voltar ao início, os animais vão voltar a ser abatidos indiscriminadamente, o Canil Municipal vai ser de novo o matadouro municipal que Torres Vedras deixou de ter à anos atrás.
Para tal, contamos com o apoio de todos Vós comunicação social e de toda a população em geral.
Ajudem-nos!
Agora que denunciámos toda esta situação insustentável, agora que conseguimos granjear a antipatia do poder autárquico instituído e nalguns casos, até a arrogância e a prepotência de quem se julga senhor da verdade absoluta, ajudem-nos.
Importa agora continuar o trabalho desenvolvido por esta Associação ao longo dos já vinte e dois anos que tem de vida, na defesa intransigente dos direitos mais elementares dos animais, como é o direito à vida.
O abate, a ser feito, tem de ter razões objectivas e casuísticas, nunca aquelas que foram invocadas para um abate generalizado.
Pretendemos convocar a imprensa numa conferência para Vos darmos conta do nosso trabalho.
Para isso e porque esta Associação ainda não dispõe de sede social própria, solicitámos, através de fax datado de 2003.11.19., à Câmara Municipal a disponibilização de uma sala do Canil Municipal para o efeito.
Para nosso espanto ou talvez não, o pedido foi-nos negado, através de resposta datada de 2003.11.21.
Depois venham com a maior desfaçatez dizer que querem colaborar na resolução do problema, que estão de boa fé, que nunca quiseram abater os animais.
Ora se as acções são no sentido diametralmente oposto ao das afirmações produzidas quando as câmaras e os microfones estão por perto, quem é que pode acreditar nas pretensas boas intenções da Câmara?
O nosso muito obrigado a toda a comunicação social, aos Deput. Municipais Sérgio Ribeiro Jacinto e Pedro Castelo, à Associação JAVA da Lourinhã, à nossa sócia Carla Dinis, bem como a toda a população em geral, que, de forma abnegada e sensível, nos ajudaram a denunciar e a tentar resolver esta situação.
Em nossa opinião, o Canil Municipal não pode ser um simples matadouro.
Tem que ser encarado numa perspectiva estratégica, como ponto de encontro entre quem pretender desfazer-se dos seus animais e quem pretender adoptar um deles.
Sempre pugnámos por isso.
Todas as acções de sensibilização nunca são demais, face à dimensão do problema.
Estamos abertos a todas as soluções que não passem pelo abate indiscriminado.
Actualmente, o abate tem sido feito de forma mais regrada e casuística.
As Associações de Caçadores deixaram de ir despejar cães ao canil.
Também isso nos preocupa, pois se já não os entregam lá, o que lhes fazem?
Será que os matam no meio do campo com um tiro na cabeça?
Queremos acreditar que não, pois afinal somos seres humanos, racionais e o cão é o nosso melhor amigo.
A questão do abandono dos animais em Portugal é bem revelador do nosso desenvolvimento cultural e educacional, da nossa falta de sensibilidade para a questão dos animais, entre outras, bem patente nas soluções encontradas por alguns dos nossos políticos.
É por essas razões que, nos indicadores positivos, aparecemos sempre na cauda da Europa.
Apesar de todo o nosso trabalho ser desenvolvido numa plataforma em regime de exclusivo voluntariado, não podemos calar-nos e baixar os braços enquanto as coisas se passarem assim.
Nesta mesma data, serão enviadas missivas às Embaixadas dos Reinos de Espanha e da Holanda, à da República Francesa e aos órgãos das Instituições da União Europeia em Portugal, para que, numa perspectiva de “best manegement”, seja denunciada toda esta situação, nos ajudem a resolvê-la e nos possam ensinar como resolvem o problema nos seus países, disponibilizando-nos os contactos das nossas congéneres nesses países para que possamos desenvolver acções comuns.
Quem é eleito e pago para resolver este e outros problemas, não o faz.

No Protocolo que tivemos o ensejo de assinar com a Câmara Municipal de Torres Vedras para a gestão do Canil Municipal, está bem explícito que é esta Associação que está incumbida de promover a adopção dos animais.
Isto não invalida que outros o façam também, nomeadamente a Câmara, pois o Protocolo não lhe veda essa possibilidade se, como afirmam, também estiverem interessados na resolução do problema.
Não temos, nem pretendemos ter nenhum regime de exclusividade ou protagonismo à custa da vida dos animais.
Até à data só nós promovemos, com sucesso, a adopção de animais.
Essas adopções já totalizam, nesta data, noventa e cinco animais, dos quais dez foram resgatados pelo canil Municipal de Castelo Branco, quatro pela Sociedade Protectora dos Animais de Lisboa, dois pelos De****dos Municipais Sérgio Ribeiro Jacinto e Pedro Castelo, sendo que os restantes o foram por particulares de dentro e de fora do concelho de Torres Vedras.
Temos recebido diversos telefonemas e mensagens de todo o país.
Estivemos à entrada do supermercado Modelo de Torres Vedras, a promover a adopção de cães do canil, nos dias 8 e 11 de Novembro p.p.
Vamos estar presentes na Feira da “Exposalão”, Batalha, nos dias 6, 7 e 8 de Dezembro, para ali fazermos o mesmo.
Estamos no Canil, com as nossas voluntárias todos os dias, como sempre, promovendo a qualidade, a higiene e o bem-estar dos animais, com especial incidência em todas as manhãs de terça e de sexta-feira, dias da presença do senhor Veterinário Municipal.
Também estamos presentes na Internet, através do nosso site www.apa.pt.vu
No site da Câmara Municipal, em www.cm-tvedras.pt, também marcamos a nossa presença, com as fotografias e a descrição de alguns dos cães que temos para adoptar.
O número de sócios não pára de aumentar, tendo sido feitos trinta em três semanas, pelo que neste momento a Associação já é composta por novecentos associados.
Finalmente, com o parecer recentemente emitido pela Câmara Municipal, já poderemos iniciar todo o processo burocrático junto da Presidência do Conselho de Ministros, conducente à obtenção do Estatuto de Instituição de Utilidade Pública, permitindo-nos, dessa forma, efectuar uma melhor abordagem junto do sector empresarial, já que, assim, poderão obter mais e melhores benefícios fiscais, através do Estatuto do Mecenato, com as ofertas que nos pretendam fazer.
Continuamos serenamente à espera que a Câmara nos disponibilize o terreno já atribuído em Fevereiro do corrente ano, para aí construirmos o nosso próprio Canil/Gatil, com todas as vantagens daí advenientes para o bem-estar dos animais.
Os donativos de particulares não param.
O apadrinhamento de animais que consiste no pagamento de cinco Euros por mês e por animal, a fim de ajudar a alimentá-lo, ficando este à mesma à guarda desta Associação, no Canil, por falta de condições de quem o pretenda eventualmente adoptar, também tem sofrido um grande incremento, existindo neste momento mais de cem cães apadrinhados.
Recebemos diversos contactos telefónicos de uma entidade similar aos “Médicos sem Fronteiras”, mas neste caso de veterinária, com sede em Odeceixe (Odemira), que pretende vir a Torres Vedras esterilizar vinte dos cães e quarenta das cadelas existentes no Canil Municipal, num total de sessenta animais, enviando-os posteriormente e a suas expensas para a República Federal Alemã, onde os animais não são abandonados, nem abatidos.
Para esse efeito, aquela entidade informou-nos que já havia disponibilizado cerca de três mil Euros.
Ficámos muito sensibilizados, ao lermos no Jornal “emFrenteoeste” da passada quinta-feira, dia 20 de Novembro, citando como fonte o Departamento de Ambiente e Serviços Urbanos da Câmara Municipal de Torres Vedras, na pessoa do Senhor Vereador do pelouro, que, “sessenta canídeos estão na iminência de ser transferidos para uma clínica de Lagos, pertença de um Alemão defensor dos animais”.
Esta Associação não tem qualquer conhecimento de tão abnegado gesto de solidariedade com os canídeos de Torres Vedras, estando, no entanto, completamente disponível para, caso solicitada, ajudar à transferência dos mesmos.
Na próxima quinta-feira, dia 27 de Novembro, iremos entregar na Câmara Municipal de Torres Vedras mais de quatro mil assinaturas recolhidas nesta cidade de Torres Vedras, a nível nacional e mundial, através da Internet, com origem numa petição iniciada no Reino da Holanda, com o objectivo de vermos, de uma vez por todas, a terrível Ordem de Serviço ser revogada.
Nesse sentido, estão todos, desde já convidados para testemunharem este nosso acto cívico, em prol da vida e do bem-estar animal, no fundo a nossa única razão de ser enquanto Associação.

Vamos continuar a trabalhar com a ajuda e a colaboração de todos Vós!

Mais uma vez o nosso muito obrigado.





Torres Vedras, 24 de Novembro de 2003.




Com os melhores cumprimentos,



A Presidente da Direcção,


_______________________
(Olinda Dias).
quote:
Mensagem original por Dog Lover

Quanto às questões que levanta, elas serão muito oportunamente divulgadas por esta Associação.


Não podem, ou não devem, no vosso caso e como Associação com protocolo existente com a edilidade, utilizar a palavra "oportunamente", na resposta à pessoa em causa. Deveriam, pelo contrário, absterem-se de dar a resposta de imediato se não estavam preparados para o fazer. Esse tipo de resposta coloca dúvidas.
Será que está a APA assim tão organizada para não saber a quantidade de animais doados, recolhidos, (quantos por freguesia), eutanasiados, quantos machos? e fêmeas? quantos animais doados foram esterilizados? por quem? quantas esterilizações feitas pelo médico veterinário municipal? Quantas campanhas de esterilizações foram feitas pela Câmara Municipal em 2002? e em 2003?  etc etc.... por favor.... organizem-se para bem dos animais e da sociedade.


 

Offline cinha

  • Mensagens: 2
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
Canil Municipal !!!
« Responder #12 em: Janeiro 27, 2005, 23:33:27 »
Meu senhor,antes de escrever para que lado for ou o que quer que seja,aprenda a escrever!!!"Frase"não se escreve com"z","Alzheimer"escreve-se deste modo,"amenizar" desta maneira,"contivesse-mos"?!O que é isto?!!Contivessemos,meu senhor!Entre outras...
Se o senhor não se sente culpado é porque não se colocou na pele dos animais que tanto sofrem.
É impressionante como há pessoas tão brutas e sem o mínimo se sensibilidade...
 

Offline Teresa

  • Mensagens: 39
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
Canil Municipal !!!
« Responder #13 em: Julho 06, 2006, 00:27:14 »
Pois é Moranguito...
parece que não leu o que se passa no canil, que está superlotado!
Quais são para si as devidas precauções? Que aconselha?

Teresa
 

Offline MiguelR

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 243
  • Popularidade: +0/-0
    • Ver Perfil
Canil Municipal !!!
« Responder #14 em: Julho 08, 2006, 16:49:07 »
Aqui na zona da Conquinha e fundição de 2 portos passeiam-se diariamente 3 cães; 2 rafeiros pequenos e um grandão que parece ou é um são bernardo. Eu pergunto Se deviam estar no canil?  Talvez sim por uma questão de higiene pública e etc. Mas não serão estes 3 animais (que concerteza têm entre eles laços e quem sabe sentimentos que muitos humanos não têm) mais felizes nesta sua vidinha de cão vadio? Mereceriam melhor comida e tratamento, mas não serão "felizes" ao seu modo?
Na sociedade onde vivemos enjaular é sempre a solução mais simples, mas concerteza não é a mais correcta!